Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Rússia bombardeia porto na Ucrânia e diz ser retaliação a ataque a ponte na Crimeia

    A cidade portuária Odessa, onde fica o quartel-general da marinha ucraniana, e Mykolaiv, perto da costa ucraniana do Mar Negro, foram atingidas

    Da CNN

    O Ministério da Defesa da Rússia disse nesta terça-feira (18) que atingiu alvos militares em duas cidades portuárias ucranianas durante a noite em retaliação ao ataque à ponte da Crimeia no dia anterior

    O ministério disse que atingiu Odessa, onde fica o quartel-general da marinha ucraniana, e Mykolaiv, perto da costa ucraniana do Mar Negro.

    “As forças armadas da Federação Russa realizaram um ataque de retaliação em massa durante a noite usando armas marítimas de precisão contra instalações onde atos terroristas contra a Federação Russa estavam sendo preparados usando barcos não tripulados”, disse o ministério em um comunicado.

    Ele disse que atingiu uma fábrica de reparos de navios perto de Odessa, onde tais barcos – pensados ​​para serem drones navais do tipo que a Rússia acredita ter sido usado para atacar a ponte da Crimeia – estavam sendo construídos.

    “Além disso, as instalações de armazenamento com cerca de 70.000 toneladas de combustível usado para abastecer o equipamento militar ucraniano foram destruídas” perto das cidades de Mykolaiv e Odesa, disse.

    A Força Aérea da Ucrânia disse que seis mísseis de cruzeiro Kalibr e 31 dos 36 drones foram abatidos, principalmente nas regiões costeiras de Odesa e Mykolaiv, no sul.

    O governo russo disse na segunda que dois drones ucranianos foram responsáveis ​​pelo ataque à ponte que liga a península anexada da Crimeia ao continente russo.

    O comando militar do sul da Ucrânia disse que destroços e ondas de choque danificaram várias casas e uma infraestrutura portuária não especificada em Odesa, mas deu poucos detalhes. Segundo ele, não houve notícias de mortes, mas um homem idoso ficou ferido.

    FOTOS – Imagens mostram a destruição da guerra entre Rússia e Ucrânia

    Ataque à ponte da Crimeia

    A principal ponte da Crimeia que liga a península à Rússia foi atingida por dois ataques nesta segunda-feira (17), segundo vários relatórios.

    “Segundo os investigadores, na noite de 16 para 17 de julho, uma das seções da ponte da Crimeia foi danificada como resultado de um ato terrorista cometido pelos serviços especiais da Ucrânia”.

    Um casal que viajava de carro morreu e sua filha ficou ferida no incidente, disseram autoridades russas anteriormente.

    “Dois drones ucranianos não tripulados realizaram um ataque à ponte da Crimeia”, disse o Comitê Nacional Antiterrorismo da Federação Russa em comunicado.

    “Como resultado do ato terrorista, o componente rodoviário da ponte da Crimeia foi danificado. Dois adultos foram mortos e uma criança ficou ferida”.

    VÍDEO – Rússia anuncia suspensão de acordo de grãos com a Ucrânia

    (Com informações da Reuters)