Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Rússia e Ucrânia concordam em trocar 40 prisioneiros após reunião na Turquia

    Comissários dos dois países podem discutir um corredor humanitário e a situação das crianças que fugiram da guerra

    Ece Toksabayda Reuters

    Rússia e Ucrânia concordaram com a troca de 40 prisioneiros de guerra, segundo a comissária russa de Direitos Humanos, Tatyana Moskalkova, afirmou nesta quarta-feira (11), após se encontrar com seu colega ucraniano, Dmytro Lubinets, na Turquia.

    Moskalkova e Lubinets se encontraram em uma conferência internacional de ombudsman em Ancara. As fotos os mostravam sentados em lados opostos de uma mesa.

    As conversas iniciais duraram cerca de 40 minutos. Uma segunda rodada começou às 09h (horário local).

    Quando eles se encontraram, uma batalha estava sendo travada pela pequena cidade de Soledar, no leste da Ucrânia.

    Anteriormente, Moskalkova havia dito no aplicativo de mensagens Telegram que ela e Lubinets haviam discutido assistência humanitária para cidadãos da Rússia e da Ucrânia.

    Mais tarde, eles deveriam visitar o palácio presidencial turco, onde o presidente Tayyip Erdogan deveria fazer um discurso para a conferência às 11h30 (horário local).

    Uma fonte turca disse que Moskalkova e Lubinets podem discutir um corredor humanitário e a situação das crianças que fugiram da guerra.

    Rússia e Ucrânia realizaram inúmeras trocas de prisioneiros – a mais recente no domingo – durante a guerra, que agora está em seu 11º mês.