Rússia suspende testes com foguetes para garantir oxigênio a pacientes com Covid

País registrou no último sábado (9) o maior número de mortes ligadas à doença em um único dia desde o início da pandemia

Rússia enfrenta um aumento de casos da doença, que o governo atribui a um progresso lento na vacinação
Rússia enfrenta um aumento de casos da doença, que o governo atribui a um progresso lento na vacinação REUTERS/Anton Vaganov

Tom Balmforthda Reuters

Ouvir notícia

A Rússia suspenderá testes de motores de foguetes em um de seus escritórios de design na cidade de Voronezh até o fim do mês para conservar fornecimentos de oxigênio para pacientes com Covid-19, afirmou uma autoridade espacial neste domingo (10).

O país, que luta contra um aumento de casos de Covid-19, registrou no último sábado (9) o maior número de mortes relacionadas ao coronavírus em um único dia desde o começo da pandemia.

O Kremlin credita a alta ao lento progresso da campanha nacional de vacinação. Autoridades relataram 962 mortes por Covid-19 neste domingo, e mais de 28.600 novos casos.

“Diante da crescente demanda por oxigênio médico para tratar os doentes, decidimos suspender testes de motores de foguetes no Escritório de Designs de Automáticos Químicos até o fim do mês”, afirmou a agência especial da Rússia pelo Twitter.

Mais Recentes da CNN