Russos lançaram “mais de 1.080 mísseis” desde início da invasão, diz oficial dos EUA

Segundo funcionário da Defesa norte-americana, os relatos de ataques nas proximidades do Aeroporto Internacional de Lviv parecem ser precisos

Ellie KaufmanBarbara Starrda CNN

Ouvir notícia

As forças russas lançaram “mais de 1.080 mísseis” desde o início da invasão da Ucrânia, segundo informações de um alto funcionário da Defesa dos Estados Unidos nesta sexta-feira (18).

Relatos de ataques com mísseis na parte ocidental ucraniana “nas proximidades do Aeroporto Internacional de Lviv parecem ser precisos”, disse o funcionário.

O gabinete do prefeito da cidade informou à CNN que pelo menos um míssil atingiu a área. Em uma postagem no Facebook, o prefeito Andriy Sadovyi disse que o local atingido era uma empresa de reparos de aeronaves. A operação foi interrompida devido à invasão russa, portanto, nenhum funcionário estava no local no momento do ataque.

O oficial norte-americano não tinha dados adicionais sobre a origem dos ataques com mísseis na parte ocidental da Ucrânia ou quanto dano eles causaram neste momento.

O espaço aéreo sobre a Ucrânia “continua contestado”, acrescentou o oficial.

As Forças Armadas da Ucrânia emitiram uma avaliação otimista de sua defesa de Kiev, dizendo que as duas principais rotas da Rússia para atacar a capital foram bloqueadas.

Diante de uma movimentação para aparentemente cercar a capital antes de uma possível tentativa de tomá-la, as forças russas em ambos os lados do rio Dnipro – que divide a cidade de norte a sul – foram detidas, segundo Oleksandr Hruzevych, vice-chefe de pessoal do exército.

 

 

Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

versão original

Mais Recentes da CNN