Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Saiba quem está na lista de convidados do funeral da rainha Elizabeth II

    Cerimônia começa a partir das 7h, na Abadia de Westminster, em Londres

    Max FosterLuke McGeeToyin Owosejeda CNN

    O funeral da rainha Elizabeth II, que acontece nesta segunda-feira (19), é uma das maiores ocasiões diplomáticas deste século.

    Líderes mundiais, políticos, figuras públicas e membros da realeza europeia, bem como mais de 500 dignitários de todo o mundo, chegaram a Londres para prestar suas últimas homenagens à monarca mais antiga da Grã-Bretanha.

    Nenhuma lista oficial de convidados foi divulgada, mas muitos líderes confirmaram sua presença. As portas da Abadia de Westminster abrem a partir das 8h, no horário local, (4h de Brasília), quando começará a ficar claro quem está e quem não está presente.

    O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, foi um dos primeiros a confirmar que estará no evento, que terá a participação de até 2.000 pessoas.

    O presidente Jair Bolsonaro (PL) e o sul-coreano Yoon Suk Yeol estão entre os presidentes presentes.

    O líder francês Emmanuel Macron confirmou pelas redes sociais que participará do funeral. Além dele, a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen também irá.

    O vice-presidente da China, Wang Qishan, participará, conforme o Ministério das Relações Exteriores local, apesar de legisladores britânicos sancionados pela China terem criticado a decisão de estender um convite a Pequim.

    Espera-se que os líderes da maioria dos países da Commonwealth estejam, como a primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, e o primeiro-ministro australiano, Anthony Albanese.

    O imperador japonês Naruhito e a imperatriz Masako viajarão para Londres para o funeral, um movimento incomum que demonstra a estreita relação entre as famílias reais japonesa e britânica.

    Membros de várias famílias reais europeias estarão sentados nos bancos da Abadia.

    Síria, Venezuela e Afeganistão são três dos países que não foram solicitados a enviar um representante, de acordo com a agência de notícias britânica PA Media.

    Representantes da Coreia do Norte e da Nicarágua foram convidados “apenas em nível de embaixador”, acrescentou a PA.

    Líderes e funcionários da Rússia, Belarus e Mianmar também estarão ausentes. As relações diplomáticas entre o Reino Unido e os russos praticamente entraram em colapso desde a invasão da Ucrânia.

    Trajeto de despedida da rainha Elizabeth II
    Trajeto de despedida da rainha Elizabeth II / Arte/CNN Brasil

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original