Seis palestinos fogem de prisão de segurança máxima em Israel

Autoridades acreditam que fuga se deu por túnel; um dos fugitivos é membro do partido Fatah e os outros cinco são membros do grupo militante Jihad Islâmica

Vista da prisão de segurança máxima Giloba, em Israel
Vista da prisão de segurança máxima Giloba, em Israel Hilger/laif/Redux

Abeer SalmanAmir TalIbrahim Dahmanda CNN

Ouvir notícia

Autoridades israelenses estão procurando seis palestinos que escaparam da prisão, aparentemente por um túnel, durante a madrugada desta segunda-feira (6).

Os homens escaparam da prisão de Gilboa, que fica entre o Mar da Galileia, em Israel, e a cidade de Jenin, na Cisjordânia.

A imagem de uma entrada de túnel supostamente usada pelos prisioneiros para escapar foi amplamente compartilhada nas redes sociais palestina, e a mídia israelense relata que os homens usaram um túnel para sair. A polícia ainda não confirma a versão de fuga por túnel.

Zakaria Zubeidi, comandante da ala militante do partido político palestino Fatah, é um dos fugitivos, segundo um grupo de apoio a prisioneiros palestinos.

Os outros cinco são todos membros do grupo militante Jihad Islâmica.

Túnel por onde os presos palestinos teriam escapado / Israel Prison Service

A Jihad Islâmica disse em um comunicado que a fuga da prisão foi um “grande ato heroico” e um “golpe severo para o exército israelense e todo o sistema em Israel”.

A polícia israelense afirma que os serviços de inteligência estão envolvidos em uma grande operação policial para tentar encontrar os homens. Drones e helicópteros também estão sendo usados ​​na caça.

(Este texto é uma tradução. Para ler o original, em inglês, clique aqui)

Mais Recentes da CNN