Submarino japonês colide com navio comercial ao emergir no Oceano Pacífico

Acidente danificou o moderno submarino japonês Soryu e feriu tripulantes. Mídia japonesa informa que o navio comercial tinha bandeira de Hong Kong

O submarino Soryu da Força de Autodefesa Marítima do Japão é visto no Oceano Pacífico após colidir com um navio comercial na segunda-feira (8)
O submarino Soryu da Força de Autodefesa Marítima do Japão é visto no Oceano Pacífico após colidir com um navio comercial na segunda-feira (8) Foto: Cortesia/ Japan 5th Regional Coast Guard H.Q.

Por Junko Ogura, da CNN

Ouvir notícia

Um submarino japonês colidiu com um navio comercial enquanto tentava emergir na costa do Pacífico do país nesta segunda-feira (8), disseram autoridades governamentais.

Três membros da tripulação do submarino da Força de Autodefesa Marítima Soryu sofreram ferimentos leves, e as fotos da Guarda Costeira japonesa mostraram que o veículo sofreu danos a seus aviões fairwater (aviões de mergulho), as estruturas em forma de asa em sua torre de comando.

O Soryu, comissionado em 2009, é o primeiro em sua classe de submarinos elétricos a diesel japoneses. Ele desloca cerca de 3.000 toneladas e tem uma tripulação de cerca de 65 pessoas.

 

O Ministério da Defesa disse que o equipamento de comunicação do submarino também foi danificado, embora ainda possa operar.

“Soryu raspou o casco do navio enquanto ele voltava à superfície. É extremamente lamentável que o submarino MSDF tenha colidido com um navio comercial”, disse o ministro da Defesa, Nobuo Kishi.

O acidente ocorreu na ilha principal de Shikoku, no sul do Japão, disse o Ministério da Defesa.

O navio comercial não relatou danos, acrescentaram oficiais da Guarda Costeira. A mídia japonesa informou que o navio pode ter sido o Ocean Artemis, um graneleiro com bandeira de Hong Kong.

Bradley Martin, analista da RAND Corp e ex-capitão da Marinha dos EUA que analisou as imagens dos danos, disse que o impacto provavelmente restringirá as capacidades do submarino.

“Eu não chamaria o dano de ‘menor’. O submarino não pode mergulhar e não pode se comunicar “, disse Martin em um e-mail para a CNN.

Mais Recentes da CNN