Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Tropas do Grupo Wagner com mais de 100 veículos chegam à base militar de Belarus

    Imagens de satélite verificadas mostram reboques de trator, caminhões, escavadeiras, vans e outros carros em local há anos vazio

    Combatentes do grupo mercenário russo Wagner começam a deixar Rostov-on-Don, no sul da Rússia.
    Combatentes do grupo mercenário russo Wagner começam a deixar Rostov-on-Don, no sul da Rússia. 25/06/2023REUTERS/Stringer

    Paul P. Murphyda CNN

    O primeiro comboio das forças do Grupo Wagner chegou a uma base militar anteriormente abandonada em Belarus, com pelo menos mais dois comboios se movendo em direção a ela, segundo apurou uma análise da CNN com imagens de satélite e vídeos de redes sociais.

    Imagens de satélite da Planet Labs mostram o primeiro comboio chegando a uma base militar belarussa que está vazia há anos, logo após as 11h (horário local) de segunda-feira (17). O grupo se estende desde a base até a saída da rodovia.

    Menos de uma hora depois, uma imagem de satélite adicional da Airbus mostra todo o comboio estacionado na base.

    A CNN pôde confirmar que os veículos que chegavam eram forças de Wagner porque vários veículos nas imagens de satélite da Airbus correspondem aos vistos em um vídeo postado nas redes sociais que mostrava um comboio, com bandeiras do grupo, parado ao longo de uma rodovia.

    VÍDEO – Putin quer troca no comando do Grupo Wagner

    O comboio visto no vídeo incluía uma série de reboques de trator, caminhões, grandes caminhões basculantes com escavadeiras, além de vans de passageiros e dezenas de outros caminhões e carros de estilo civil. No total, a CNN identificou 115 novos veículos na base, que não existiam nas imagens de satélite anteriores.

    Isso marca a primeira vez que as forças do Grupo Wagner foram localizadas depois de sua tentativa fracassada de insurreição em junho.

    Movimentos de tropas

    Dois comboios do Grupo Wagner adicionais estavam em movimento na tarde de segunda-feira em direção à base.

    Uma análise da CNN com base em vídeos postados nas mídias sociais descobriu que os comboios, também com veículos ostentando bandeiras de Wagner, pararam em dois locais ao longo de uma importante rodovia russa em direção ao oeste em direção a Belarus.

    Os vídeos foram autenticados e geolocalizados pela CNN

    Um comboio contém pelo menos 109 veículos e o outro tem pelo menos 96 veículos. Ambos tinham dezenas de carros e caminhões de estilo civil, além de vans, ônibus grandes reboques de trator, veículos de transporte de líquidos e reboques e grandes caminhões de estilo militar.

    Contexto

    Imagens de satélite de arquivo analisadas pela CNN mostram que dezenas de tendas foram erguidas na base, que estava vazia há anos, apenas alguns dias depois que o fundador do Grupo Wagner, Yevgeny Prigozhin, desistiu de sua tentativa de insurreição no mês passado.

    O líder belarusso Alexander Lukashenko afirmou ter negociado um acordo entre Prigozhin e o presidente russo, Vladimir Putin. Desde então, Lukashenko convidou as forças de Wagner para Belarus para ajudar a treinar as forças armadas de seu país.

    O paradeiro de Prigozhin permanece desconhecido.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original