Norueguês indica Trump ao Nobel da Paz 2021 por acordo entre Israel e Emirados

Comitê Nobel Norueguês, que decide quem recebe o prêmio, não quis comentar a indicação

Donald Trump, presidente dos EUA, durante comício na Carolina do Norte
Donald Trump, presidente dos EUA, durante comício na Carolina do Norte Foto: Jonathan Ernst - 08.set.2020 / Reuters

Reuters

Ouvir notícia

Um congressista norueguês indicou o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, para o prêmio Nobel da Paz 2021, por ajudar a selar um acordo de paz entre Israel e Emirados Árabes Unidos (EAU). Esta é a segunda vez que o político indica o líder norte-americano para a premiação.

Milhares de pessoas podem indicar candidatos ao Nobel da Paz, incluindo membros de parlamentos e governos, professores universitários e antigos premiados.

O Comitê Nobel Norueguês, que decide quem recebe o prêmio, não quis comentar a indicação.

Assista e leia também:
CNN Mundo: o plano de Israel para ampliar relações no mundo árabe
1º voo de Israel aos Emirados Árabes leva delegações para selar acordo de paz
Acordo entre Israel e Emirados teve ‘paz em troca de paz’, diz analista político

“É pela contribuição dele pela paz entre Israel e EAU. É um acordo único”, disse Christian Tybring-Gjedde, membro do Parlamento da Noruega pelo direitista Partido do Progresso, à agência de notícias Reuters.

Tybring-Gjedde, que indicou Trump para o prêmio em 2019 – por seus esforços diplomáticos com a Coreia do Norte –, afirmou que o indicou novamente este ano também pela retirada das tropas norte-americanas do Iraque.

Em 2019, Trump disse que merecia ganhar o Nobel da Paz por seu trabalho com a Coreia do Norte e a Síria, mas afirmou que provavelmente jamais ganharia o prêmio.

O ex-presidente Barack Obama ganhou o Nobel da Paz em 2009, poucos meses após encerrar seu primeiro mandato.

O prazo para indicar nomes para a premiação deste ano encerrou em 31 de janeiro. O ganhador será anunciado no dia 9 de outubro em Oslo.

Mais Recentes da CNN