Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Ucrânia se tornou um Estado “terrorista”, diz presidente do Parlamento russo

    Vyacheslav Volodin foi citado como tendo dito que o presidente ucraniano Volodymyr Zelensky era o chefe de um "regime criminoso"

    Presidente da Duma, Vyacheslav Volodin
    Presidente da Duma, Vyacheslav Volodin Foto: Maxim Shemetov/Reuters

    Da Reuters

    em Moscou

    Ouvir notícia

    O presidente da Câmara baixa do Parlamento russo disse aos membros em uma sessão plenária nesta terça-feira (5) que a Ucrânia se tornou um “Estado terrorista”, de acordo com comentários publicados no site da Duma, a câmara baixa da Assembleia Federal.

    Vyacheslav Volodin foi citado como tendo dito que o presidente ucraniano Volodymyr Zelensky era o chefe de um “regime criminoso”.

    Desde o início da chamada “operação militar especial” de Moscou na Ucrânia, as autoridades russas têm procurado pintar seu vizinho como sendo controlado por fascistas anti-russos e “neonazistas”, mas não promoveram a ideia de que é um Estado terrorista.

    A Ucrânia e o Ocidente dizem que a alegação é propaganda infundada, usada para justificar uma apropriação de terras.

    Exército russo se prepara para atacar Donetsk

    As forças russas se preparam para atacar a região de Donetsk, depois de assumirem o controle da última cidade da região de Luhansk, no leste do país. Donetsk e Luhansk formam a região separatista de Donbass.

    A defesa ucraniana confirmou no domingo (3) que entregou o último ponto de resistência da região. Por outro lado, a Ucrânia afirma que recuperou o controle de uma ilha considerada estratégica para a guerra, conhecida como Ilha das Cobras.

    Nesta segunda-feira (4), as forças armadas ucranianas hastearam a bandeira sobre o território recuperado.

    A Ilha da Cobra fica cerca de 48 quilômetros da costa da Ucrânia e está localizada próxima a rotas marítimas que levam ao Mediterrâneo.

    (Com informações da CNN. Edição: Kevin Liffey)

    Mais Recentes da CNN