Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Ucranianos tentam ganhar território e minar tomada de Kiev; veja situação

    Tropas também se posicionam ao sul do país para tentar isolar e derrotar forças russas

    Soldados ucranianos em Kiev durante treinamento para combater tropas russas
    Soldados ucranianos em Kiev durante treinamento para combater tropas russas Mykhaylo Palinchak/SOPA Images/LightRocket via Getty Images

    Da CNN

    Ouvir notícia

    As forças ucranianas têm tentado recuperar território dos russos nos últimos dias, de acordo com um alto funcionário da defesa dos Estados Unidos — que os descreveu como “capazes e dispostos” a fazê-lo.

    Eis a situação no terreno:

    Contra-ataques perto da capital

    Um contra-ataque ucraniano ao norte e oeste de Kiev parecia ter feito alguns avanços, pondo em risco os esforços russos de cercar a capital e ameaçando a capacidade das forças russas de reabastecer as unidades avançadas expostas ao norte da cidade.

    Uma dessas áreas é Makariv, uma cidade estratégica a 48 quilômetros a oeste de Kiev. Após dias de luta, as forças ucranianas recuperaram o controle da cidade, disseram as Forças Armadas da Ucrânia em um post no Facebook na terça-feira (22). A CNN não pôde confirmar a reivindicação.

    Makariv havia sofrido danos significativos devido aos contínuos ataques aéreos russos. Um vídeo obtido mostra uma devastação generalizada.

    Se as forças ucranianas consolidassem seu controle sobre Makariv, seria mais difícil para as tropas russas assegurarem as aproximações pelo oeste de Kiev e, depois, pressionarem suas fronteiras mais para o sul.

    Há também indícios de que as forças russas sofreram contratempos ao norte de Kiev em áreas que ocuparam quase desde o início da invasão.

    Um breve vídeo geolocalizado pela CNN mostrou tropas ucranianas caminhando na cidade de Moschun, cerca de 35 quilômetros ao norte da capital. Imagens geolocalizadas de drones ucranianos durante o fim de semana mostraram a destruição de armas russas na mesma área.

    Transbordamento do rio Irpin

    Imagens de satélite de segunda-feira (21) mostraram uma crescente enchente causada pelo rio Irpin. A CNN relatou anteriormente que uma barragem ao longo do rio Dnieper estava inundando a bacia do rio Irpin e seus afluentes.

    O rio é fundamental para o avanço russo em direção a Kiev; se os russos não podem atravessá-lo, não podem tomar Kiev pelo oeste.

    Não está claro como a represa começou a inundar: se as comportas foram abertas de propósito pelos ucranianos, ou se foi atingida por um ataque militar.

    Borodyanka

    A cerca de 20 quilômetros ao norte de Makariv está a cidade de Borodyanka, que tem sido mantida pelas forças russas e chechenas desde o início da campanha.

    Se os ucranianos tomassem Borodyanka, as unidades de ataque russas poderiam ser isoladas. O campo de batalha é fluido, e os russos poderiam reverter as recentes perdas.

    Mas se os ucranianos segurarem Makariv e estenderem seu controle sobre a área, as posições russas entre a cidade e Kiev ficariam vulneráveis, impedindo ainda mais seu objetivo de avançar para o sul, por meio da principal rodovia leste-oeste, de modo a cercar a capital.

    Kherson e Mykolaiv

    Um alto funcionário da defesa dos EUA disse que os ucranianos estão lutando para retomar a cidade sulista de Kherson, além de pressionarem as forças russas do nordeste de Mykolaiv, forçando-os a se reposicionarem ao sul da cidade.

    O oficial advertiu que os Estados Unidos não podem dizer se esses movimentos fazem parte de um “plano operacional maior” dos ucranianos ou não, mas chamaram a defesa ucraniana de “rápida” e “ágil”.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original

    Mais Recentes da CNN