Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Veja como foi o encerramento das campanhas dos candidatos à Presidência na Argentina

    Presidenciáveis argentinos seguiram com o uso das redes sociais para gerar engajamento em suas páginas e seguem roteiros pelas ruas para conquistar mais votos

    Bandeira da Argentina
    Bandeira da Argentina Banco de imagens/Pexels

    Da CNN

    A menos de cinco dias das eleições presidenciais na Argentina, os candidatos realizam o encerramento da campanha.

    Os presidenciáveis argentinos seguiram com o uso das redes sociais para gerar engajamento em suas páginas e seguem roteiros pelas ruas para conquistar mais votos.

    A seguir, você confere as postagens dos principais candidatos à Presidência:

    Sergio Massa:

    Em sintonia com o dia da fidelidade peronista, ontem (17), o candidato oficial e ministro da Economia, Sergio Massa, iniciou uma série de três atos:

    • Com o Governador Axel Kicillof, em Avellaneda, no subúrbio de Buenos Aires, na terça (17);
    • Hoje (18), com o candidato portenho Leandro Santoro, na Cidade de Buenos Aires;
    • E amanhã (19), seu fechamento nacional é em uma fábrica a ser definida em conjunto com os trabalhadores.

    Com mais de um milhão e duzentos mil seguidores no X, antigo Twitter, e cerca de trezentos mil no Instagram, Massa lota suas redes nos últimos dias de campanha com um pouco de tudo. Imagens de liderança, fotos de sua vida familiar, vídeos de bate-papo com cidadãos, recortes dos debates presidenciais, entrevistas na mídia e alguns confrontos com seus adversários na disputa, principalmente Javier Milei.

    Os seus slogans andam de mãos dadas com a esperança, o amor à bandeira e um apelo a “não ir às urnas para votar com ódio”. Promete convocar um governo de unidade nacional, caso chegue à cadeira da Casa Rosada.

    Sua última postagem: um encontro com Ian, um menino com autismo, que lhe diz que queria conhecê-lo e que tem a ilusão de que, se Massa fosse o próximo presidente, “ele saberia como fazer uma sociedade mais amigável”.

    Patrícia Bullrich:

    Da coalizão Juntos por el Cambio, Patrícia Bullrich traz um roteiro federal para os últimos dias da campanha. No entanto, sua carta final é altamente simbólica. Lomas de Zamora é o bairro escolhido e não é em vão. O município da província de Buenos Aires é o bastião de Martín Insaurralde, o oficial kirchnerista que foi protagonista das fotos em um iate de luxo que foi escândalo nas últimas semanas.

    Javier Milei:

    O candidato com milhões de visualizações continua a agitar as suas redes sociais.

    Com imagens da sua passagem pelas províncias e o apoio eufórico das pessoas que o seguem, Javier Milei alimenta as suas contas.

    Não faltam fotos do economista com a bandeira de Israel na mão, memes em formato de nota de um dólar com o rosto do líder do La Libertad Avanza e repostagens de contas de seguidores.

    Além disso, um vídeo de Jair Bolsonaro (PL) mostrando seu apoio e desejo de vitória está no topo do feed do candidato no Instagram.

    * Publicado por Mateus Cerqueira