Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Vídeo mostra trabalhadores presos há 10 dias em túnel na Índia

    Mais de 40 pessoas estão no subterrâneo após a estrutura ceder neste mês; elas já receberam comida e água por um tubo

    Rhea Mogulda CNN

    As primeiras imagens de dezenas de homens presos dentro de um túnel no Himalaia foram divulgadas por autoridades locais. A operação de resgate entra no décimo dia.

    O vídeo, capturado por uma câmera acoplada a um tubo por socorristas na superfície, mostra os homens usando capacetes e de pé em uma grande caverna de cerca de 60 metros dentro da montanha.

    “Não se preocupe, vamos chegar rapidamente”, diz um socorrista por um alto-falante. “Mostre-nos que você está bem. Tire a câmera (do tubo) lentamente. Mostre-nos o rosto de cada um.”

    Os 41 trabalhadores presos têm recebido comida, água e oxigênio através do tubo após a entrada do túnel desabar em 12 de novembro.

    As autoridades indianas têm buscado estratégias para libertar os homens, incluindo a inserção de outro grande cano pelos escombros para que eles tentem rastejar para fora. Mas qualquer esforço para abrir uma passagem tem sido complicado devido ao terreno instável. A perfuração tem sido frequentemente pausada.

    No que foi descrito como o “primeiro sucesso” da operação, os socorristas conseguiram inserir um tubo de 53 metros pelos escombros na segunda-feira (20), o que permitiu entregar comida, água, remédios e oxigênio aos trabalhadores presos.

    “A confiança em manter a vida dos trabalhadores presos em segurança aumentou muito”, disse um comunicado divulgado por autoridades estaduais nesta segunda-feira. “Depois dessa boa notícia, há felicidade e entusiasmo nas frentes de resgate com os trabalhadores e suas famílias e agora há muita esperança para outras opções de resgate.”

    Um hospital improvisado foi criado na entrada do túnel para o momento que os trabalhadores saírem.

    Resgate complicado

    As autoridades estabeleceram contato com os homens logo após o colapso e, desde então, tentam trazê-los com segurança, auxiliados pela polícia local, pela Autoridade de Gestão de Desastres da Índia e pelo Fundo Estadual de Resposta a Desastres.

    Os socorristas tentaram primeiro cavar os escombros para alcançar os homens, no entanto, o progresso foi lento à medida que mais escombros caíam no poço.

    Eles então trouxeram uma broca para tentar criar um buraco largo o suficiente para inserir um tubo e os homens poderiam rastejar para fora. Mas o trabalho foi interrompido depois que um deslizamento de terra complicou esses esforços.

    As autoridades, em seguida, trouxeram uma broca de alta potência da capital Nova Delhi para uma nova perfuração. Parentes dos trabalhadores acompanham a situação.

    Logo que a máquina começou os trabalhos, um “som de rachadura em larga escala” foi ouvido na sexta-feira passada, informou a Reuters, citando um comunicado local, levando as autoridades a pausar a perfuração mais uma vez.

    As autoridades dizem que estão explorando todas as opções para alcançar os homens, incluindo a ajuda internacional às equipes envolvidas em outros resgates complexos.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original