Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Vladimir Putin diz que exercícios nucleares não são escalada na guerra

    Presidente pontuou que diferença é que terinamento envolve Belarus

    Rússia inicia exercício com armas nucleares táticas
    Rússia inicia exercício com armas nucleares táticas Ministério da Defesa da Rússia

    Da Reuters

    O presidente Vladimir Putin disse nesta sexta-feira (24) que a Rússia realiza regularmente exercícios nucleares e que os treinamentos nesta semana não são uma escalada.

    Putin afirmou que a única diferença desta vez é que os exercícios também envolvem Belarus, país no qual a Rússia anunciou no ano passado que estava instalando mísseis nucleares tácticos.

    A declaração do presidente russo aconteceu em coletiva de imprensa em Minsk, capital de Belarus, após dois dias de conversas com Alexander Lukashenko, presidente belarusso.

    Os exercícios foram ordenados pelo presidente Vladimir Putin no início deste mês.

    O governo russo associou o treinamento ao que chama de “declarações militantes” de autoridades ocidentais que, segundo ele, criaram ameaças à segurança da Rússia.

    O Ministério da Defesa disse que a primeira fase do exercício envolveu mísseis dos tipos Iskander e Kinzhal.

    Negociações de paz

    O líder russo destacou em outro momento que as negociações de paz na Ucrânia precisam ser reiniciadas, mas que a Rússia só falaria com líderes legítimos de Kiev.

    Putin também advertiu que, para que as conversas sejam retomadas, elas teriam que ser baseadas no “bom senso”, não em ultimatos.

    “Deixe que retomem [as negociações]”, disse ele, acrescentando que as conversas devem levar em conta “as realidades no terreno [campo de batalha]” atuais e as disposições acordadas durante uma tentativa anterior de chegar a um acordo nas primeiras semanas da guerra.