Vulcão nas Ilhas Canárias está ‘ainda mais agressivo’ após semanas de erupção

Primeiro-ministro da Espanha, Pedro Sanchez, prometeu o equivalente a mais de R$ 1 milhão em ajuda à ilha; nova cratera foi descoberta no sábado (2)

Vulcão em erupção na terça-feira (21), nas Ilhas Canárias
Vulcão em erupção na terça-feira (21), nas Ilhas Canárias Instituto Volcanológico de Canarias

Jeevan Ravindranda CNN

Ouvir notícia

O vulcão Cumbre Vieja na ilha espanhola de La Palma nas Ilhas Canárias, está ainda mais agressivo após semanas de erupção, disse o Instituto Geográfico Nacional (IGN) da Espanha neste domingo (3).

A atividade do vulcão “continua a ser intensa” e uma nova cratera foi descoberta no sábado (2), disseram o governo das Ilhas Canárias e o IGN em um comunicado conjunto.

“Não parece ainda que vai acabar, por causa dos milhões de metros cúbicos de lava que o vulcão está despejando”, disse o presidente das Ilhas Canárias, Ángel Víctor Torres, em entrevista coletiva neste domingo.

Mais de mil casas foram destruídas desde a erupção do vulcão, de acordo com o IGN.

 

As emissões anteriores do vulcão também enviaram nuvens de vapor, fumaça e gases tóxicos para o céu, forçando os residentes locais a se isolarem.

Em um sinal positivo, o diretor técnico do comitê de resposta de emergência ao vulcão das Ilhas Canárias, Miguel Ángel Morcuende, disse que a qualidade do ar melhorou o suficiente para suspender as medidas locais de permanência em casa.

Para garantir água para o sul da ilha, novas usinas de dessalinização substituirão um canal de irrigação quebrado pelo vulcão, disse Torres.

Imagens da lava do vulcão Cumbre Vieja, nas Ilhas Canárias / Reprodução/CNN Brasil (22.set.2021)

“Reconhecemos a angústia, mas ela está nos ensinando uma lição. Porque quando você se aproxima de alguém que perdeu tudo, eles estão sempre dispostos a enfrentar a situação. Eles não estão desistindo”, disse Torres.

O primeiro-ministro da Espanha, Pedro Sanchez, prometeu mais de US$ 238 milhões (equivalente a mais de R$ 1 milhão) em ajuda à ilha.

“Na próxima terça-feira, o gabinete aprovará uma série de medidas muito poderosas com relação à reconstrução da infraestrutura, respondendo ao problema do abastecimento de água, também do emprego, da agricultura, do setor turístico e de benefícios fiscais”, disse Sanchez neste domingo.

(Este texto é uma tradução. Para ler o original, em inglês, clique aqui)

Mais Recentes da CNN