Zelensky diz que discutiu sanções adicionais à Rússia com chanceler alemão

Presidente ucraniano e Olaf Scholz conversaram por telefone neste domingo (10)

Presidente ucraniano Volodymyr Zelensky
Presidente ucraniano Volodymyr Zelensky Foto: Ukrinform/Future Publishing via Getty Images

Radina Gigovada CNN

Ouvir notícia

O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, disse neste domingo (10) que conversou por telefone com o chanceler alemão Olaf Scholz e os dois discutiram possíveis novas sanções à Rússia, bem como defesa e apoio financeiro à Ucrânia.

“Tive uma conversa telefônica com Olaf Scholz. Enfatizamos que todos os perpetradores de crimes de guerra devem ser identificados e punidos”, disse Zelensky em sua conta oficial no Twitter.

“Também discutimos sanções anti-Rússia, defesa e apoio financeiro para a Ucrânia”, disse ele.

A conversa entre os líderes acontece dias após o ministro das Finanças, Christian Lindner, dizer que a Alemanha não poderia parar de usar o combustível russo imediatamente.

No entanto, nesta sexta, o primeiro-ministro da Alemanha afirmou que o país pode parar de importar o petróleo russo ainda neste ano.

Scholz disse durante coletiva de imprensa que a Alemanha está “trabalhando ativamente” para se tornar independente das importações de petróleo russas.

O chanceler alemão disse acreditar que o país poderá encerrar as importações este ano, mas acrescentou que levará mais tempo para a Alemanha se livrar do gás russo.

“Acabar com as importações russas de energia exigiu investimento e infraestrutura”, disse Scholz, acrescentando que a Alemanha já preparava medidas para se tornar independente das importações russas de energia “antes do início da guerra, porque sabíamos que esse problema surgiria”.

Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

versão original

Mais Recentes da CNN