Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Zelensky diz que Ucrânia precisa de “um pouco mais de tempo” antes de contra-ofensiva

    Presidente ponderou que faltam equipamentos, mas que moral das tropas está alta e quantidade de militares é suficiente

    Vasco Cotovioda CNN

    A Ucrânia ainda precisa de “um pouco mais de tempo” antes de lançar uma contra-ofensiva, enquanto as forças de Kiev aguardam a chegada de mais armas de seus aliados ocidentais, disse o presidente Volodymyr Zelensky.

    “Com [o que temos] podemos seguir em frente e ter sucesso”, pontuou Zelensky a emissoras europeias em entrevista publicada nesta quinta-feira (11). “Mas perderíamos muita gente. Acho isso inaceitável. Então precisamos esperar. Ainda precisamos de um pouco mais de tempo”, avaliou.

    Entre os suprimentos que a Ucrânia está esperando estão veículos blindados, incluindo tanques, que o presidente ressaltou estarem “chegando em lotes”.

    Eles incluem os tanques alemães Leopard 2 e os britânicos Challenger 2, juntamente com outros veículos blindados como American Bradleys e Strykers.

    Os comentários de Zelensky acontecem um dia depois que os Estados Unidos anunciaram um novo pacote de ajuda de US$ 1,2 bilhão para a Ucrânia, com o objetivo de reforçar as defesas aéreas e manter o fornecimento de munição.

    “Ainda estamos esperando algumas coisas. Eles vão reforçar nossa contraofensiva e, o mais importante, vão proteger nosso povo. Estamos esperando veículos blindados, eles chegam em lotes”, ponderou.

    No entanto, Zelensky destacou que as forças ucranianas estão preparadas. “Mentalmente, estamos prontos; em termos de motivação de nossos militares, estamos prontos; em termos de pessoal suficiente e nossas brigadas, estamos prontos. [Mas,] em termos de equipamentos, ainda não chegou tudo.”

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original