Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    João Pimenta amplia estética e leva streetwear para a SPFW

    Coleção foi apresentada na tarde deste domingo (14), no topo do Edifício Martinelli, em São Paulo

    Caroline Ferreirada CNN

    São Paulo

    Foi no topo do Edifício Martinelli, no centro histórico de São Paulo, que João Pimenta desfilou a sua coleção na tarde deste domingo (14), data que marca o encerramento da 57ª edição da SPFW.

    Indo além da alfaiataria, que segue como carro-chefe da marca, o estilista trouxe outras categorias de vestuário, incluindo calças cargos e soltas, camisas polo, camisetas estampadas e bermudas.

     

    À CNN, João explicou o seu desejo de levar a marca para o universo do streetwear.

    “Eu quis trabalhar um pouco essa questão da rua dentro do meu trabalho. Como eu tenho dificuldade em criar looks mais simples, trabalhei uma história de sobreposição de roupas. Então, os looks crescem ao longo do desfile”, contou.

    Além disso, a coleção também carregou uma importância extra para o artista: a parceria com o movimento “Sou de Algodão” que, desde 2016, pauta a consciência coletiva em torno da moda e do consumo responsável.

    João Pimenta apresenta coleção no topo do Edifício Martinelli, em São Paulo
    João Pimenta apresenta coleção no topo do Edifício Martinelli, em São Paulo / ADRIANO ISHIBASHI/ZIMEL PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

    “Eles me trazem esse respaldo de matéria-prima. Hoje, uma das grandes dificuldades do meu trabalho é ter o design bacana, mas com matéria-prima sempre arrojada. Aqui, tentei trabalhar o algodão e outros tecidos mais simples, onde eu consigo fazer reproduções”, acrescentou.

    Democratização da moda

    Transitando pelo rosa velho, tons de bege, cinza, a cartela de cores também faz uma alusão à locação do desfile. O tie-dye e as estampas xadrezes, por exemplo, consagram o clima urbano, juntamente com os óculos e calçados da Oakley.

    “Escolhi esse espaço primeiro porque eu queria estar no centro da cidade. Acho que o centro é um lugar que reúne todo mundo e eu tenho uma vontade muito grande democratizar a minha marca”, afirmou.

    Desfile da grife João Pimenta no último dia de SPFW N57
    Desfile da grife João Pimenta no último dia de SPFW N57 / ADRIANO ISHIBASHI/ZIMEL PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

    “Eu trabalho com um segmento que é um pouco mais fluído e para eu incluir essas pessoas, eu acabei excluindo outras, então essa coleção tem o desejo de incluir a todos, por isso o centro foi a minha escolha”, explicou.

    Para João, estar no prédio histórico foi como um sonho realizado.

    “Quando cheguei em São Paulo foi o lugar que mais me impressionou. Era uma locação que antes se apresentava como algo inatingível. No entanto, com esse projeto de restauração de centro e de trazer as pessoas as pessoas para cá, acho que ele abraça o meu desejo pela rua”, refletiu.

    Desfile da grife João Pimenta na SPFW N57
    Desfile da grife João Pimenta na SPFW N57 / ADRIANO ISHIBASHI/ZIMEL PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

    “Hoje, a gente também faz parte desse momento de centenário”, finalizou.

    Claudia Liz, ícone da moda na década de 90

    Na passarela, quem também chamou a atenção foi a ex-top model Claudia Liz.

    Claudia Linz desfila por João Pimenta na SPFW N57
    Claudia Liz desfila por João Pimenta na SPFW N57 / Tomzé Fonseca/Agnews

    Aos 54 anos, ela marcou presença no desfile, atravessando o o arranha-céu paulistano com dois looks diferentes.