Prefeito de Belém inclui domésticas entre essenciais antes de início de lockdown


Giovanna Bronze, da CNN, em São Paulo
06 de maio de 2020 às 21:24
Prefeito de Belém (PA), Zenaldo Coutinho (PSDB)

Prefeito de Belém (PA), Zenaldo Coutinho (PSDB)

Foto: Reprodução/CNN

O prefeito de Belém (PA), Zenaldo Coutinho (PSDB), declarou nesta quarta-feira (6) que empregadas doméstica serão consideradas atividade essencial na capital paraense. Ele publicou a frase no Twitter, durante transmissão ao vivo em que falou sobre a situação local durante a pandemia do coronavírus.

A partir desta quinta-feira (7), entrará em vigor em Belém um lockdown, que vai vigorar até o dia 17 deste mês. Também pela rede social, o prefeito anunciou que o decreto que regulamenta sairá on-line "logo mais".

Assista e leia também:

Brasil registra 2ª maior velocidade global em número de mortes por Covid-19

Dos mais de 46 milhões de testes prometidos por Teich, só 11% são distribuídos

"Empregada doméstica está prevista como atividade essencial nos 2 decretos", escreveu. "Tem pessoas que precisam, pela necessidade de trabalho essencial, a ter alguém em casa. Uma médica ou médico, por exemplo, precisa de alguém que ajude em casa", justificou.

Coutinho também escreveu que os trabalhos essenciais são: saúde, assistência social, serviços de call center, telecomunicações, internet, captação e distribuição de água, geração e distribuição de energia, serviços de limpeza, transporte de dinheiro, de combustível, entre outros.