Em domingo de calor, praias do Rio ficam lotadas em plena pandemia


Da CNN, no Rio de Janeiro
21 de junho de 2020 às 18:52 | Atualizado 21 de junho de 2020 às 19:14
 

Apesar de ser o começo do inverno no Brasil, o país registrou altas temperaturas. O domingo no Rio de Janeiro foi marcado pela movimentação nas praias. Muitas pessoas romperam com o isolamento social da pandemia do novo coronavírus para aproveitar o dia, que chegou a registrar 35,8 graus na capital fluminense.

A preocupação é com a taxa de contaminação da doença. Segundo boletim oficial da Secretaria de Saúde do Estado, o Rio registra cerca de 96.100 casos de contaminados, e 8.875 pessoas morreram vítimas da Covid-19.

Leia também: Rio de Janeiro e Ceará ultrapassam China em casos confirmados da Covid-19

Rio de Janeiro tem manifestação pró-Bolsonaro em Copacabana

Até às 18h30, segundo reportagem da CNN, alguns banhistas ainda estavam na praia e vários, ao longo de todo o domingo, não usaram máscaras de proteção recomendadas pelos órgãos de saúde. 

Primeiro dia de inverno tem movimento nas praias cariocas

Em meio à pandemia, primeiro dia de inverno tem movimento nas praias cariocas

Foto: Reprodução / CNN

O governo do Rio de Janeiro regulamentou a flexibilização da quarentena e, atualmente, permite a caminhada nos calçadões e a prática de atividades individuais no mar, como natação e surf, mas ficar em grupos na areia está proibido por gerar aglomerações.

Segundo o centro de operações do Rio de Janeiro, até às 13h de domingo, houve uma queda considerável na taxa de isolamento. Bairros da zona sul, como Copacabana, Leblon e Ipanema diminuíram em mais de 60%.