Respiradores produzidos em Minas Gerais são aprovados pela Anvisa


Da CNN
05 de agosto de 2020 às 12:55

Uma boa notícia ao combate à Covid-19: respiradores produzidos em Minas Gerais foram liberados para uso pela Agencia Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Os aparelhos são mais baratos e mais fáceis de usar do que os equipamentos importados.

O respirador desenvolvido por uma equipe de quarenta profissionais da TACOM, empresa de engenharia brasileira, pode custar até 85% mais barato do que um importado. A produção é em parceria com a Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg).

O preço médio dos respiradores será de até R$ 20 mil. Além disso, a Fiemg irá doar 1.500 respiradores ao governo do Estado, que afirma ter alcançado o platô nesta semana.

Leia também:

Respiradores fabricados no Brasil custarão 85% a menos do que os importados

Preso que aguardava julgamento em Minas Gerais morre por Covid-19

(Edição: Marina Motomura)