Ministros dizem ter tomado hidroxicloroquina e vermífugo para tratar Covid-19

Titulares da Educação e da Ciência e Tecnologia estão entre os oito ministros diagnosticados com o novo coronavírus

Lorena Lara e Anna Satie, da CNN, em São Paulo
08 de agosto de 2020 às 16:30 | Atualizado 08 de agosto de 2020 às 17:02
Ministros Marcos Pontes e Milton Ribeiro
Foto: Reprodução e Isac Nóbrega

Os ministros da Educação, Milton Ribeiro, e da Ciência, Tecnologia e Inovações, Marcos Pontes, afirmaram neste sábado (8) ter tomado medicamentos que ainda não tiveram efetividade cientificamente comprovada ou reconhecida por autoridades de saúde mundiais para tratar a Covid-19.

Pelo Twitter, Ribeiro disse que tomou hidroxicloroquina, ivermectina, azitromicina, zinco e vitamina D durante o período em que esteve infectado pelo novo coronavírus.

"Respeito a ciência e a prescrição médica. Muitos têm me perguntado o que eu tomei no período da enfermidade. Meus médicos prescreveram: Hidroxicloroquina, ivermectina, azitromicina, Zinco e vitamina D. Agora, cada dia melhor", disse Ribeiro em sua postagem.

Leia também:

Milton Ribeiro anuncia auditor da CGU como novo secretário-executivo do MEC

O ministro anunciou que havia sido diagnosticado com a Covid-19 em 20 de julho, menos de uma semana depois de ter sido empossado.

"Já estou medicado e despacharei remotamente", declarou, na época. Na última sexta-feira (7), ele anunciou que estava recuperado da doença. "Ontem, apos a realização de exames, tive a grava constatação de que estou recuperado da Covid-19 e recebi alta médica", disse.

Nitazoxanida

Marcos Pontes disse em vídeo publicado nas redes sociais neste sábado (8) ter tomado nitazoxanida contra a doença. "Participei como voluntário do estudo clínico. Também estou ansioso pela conclusão e resultado científico", escreveu.

O vermífugo, que tem o nome comercial de Annita, está sendo testado pelo Ministério da Saúde contra o novo coronavírus. O medicamento é usado, normalmente, para combater gastroenterites virais e amebíase, giardíase e outras doenças parasitárias.

Ele anunciou que estava com a doença há pouco mais de uma semana, em 29 de julho. "Ontem, recebi meu exame negativo para Covid", diz ele no vídeo. "Queria agradecer a todos as mensagens para melhorar, e funcionou. Estou bem, não tenho nenhum sintoma, dá para voltar às atividades presenciais e sair do isolamento também."

Ribeiro e Pontes estão entre os oito nomes do alto escalão do governo Bolsonaro que foram diagnosticados com a Covid-19. Ainda nesta semana, os ministros Braga Netto (Casa Civil) e Jorge Oliveira (Secretaria-Geral da Presidência) divulgaram que testaram positivo.