Séries Originais mostra hoje corrupção no RJ através dos 7 pecados capitais

Programa deste domingo (23) também exibe o terceiro e último episódio do documentário “Brasília 60 anos” e o primeiro de “Médicos Detetives”

Da CNN
21 de agosto de 2020 às 05:00 | Atualizado 23 de agosto de 2020 às 00:46
Palácio Guanabara é a sede do governo do Rio de Janeiro
Foto: Reprodução / CNN

O Séries Originais deste domingo (23) exibe o primeiro episódio do documentário “Rio: os 7 pecados do poder”. 

Por meio dos sete pecados capitais, a produção foca nos casos recentes de corrupção no Rio de Janeiro e analisa por que o segundo estado mais rico do país tem tantas histórias a respeito. Dentre os últimos oito governadores eleitos, cinco foram presos por esse crime e o atual ocupante do cargo, Wilson Witzel, está com um pedido de impeachment na Assembleia Legislativa.

O primeiro episódio da série mostra trechos de entrevistas exclusivas que a equipe da CNN fez com três governadores que foram presos e hoje estão soltos: Anthony Garotinho, Rosinha Garotinho, que hoje vende bolos para sobreviver, e Luiz Fernando Pezão, que falou pela primeira vez com uma emissora de TV após ser solto.

Assista e leia também:
Séries Originais mostra bastidores de Brasília e a história de seu idealizador
Séries Originais explora construção de Brasília no sexagenário da capital
Séries Originais mostra hoje como é trocar de país com estranho por uma semana

Além disso, a equipe da CNN teve acesso a 12 horas de depoimentos que o ex-governador Sérgio Cabral deu à Justiça ao longo dos anos em que esteve preso – ele está detido desde 2016. 

“Confirmo o recebimento de valores indevidos, tanto para campanhas eleitorais, tanto para benefício pessoal”, disse Cabral. “Todo ano de 14 eu recebi R$ 1,5 milhão por mês. Esse meu erro – erro de postura, de apego a poder, a dinheiro, a tudo isso –, isso é um vício.”

Sérgio Cabral, ex-governador do RJ, está preso desde 2016
Foto: Reprodução / CNN

De acordo com economistas, os desvios nos cofres públicos têm impacto direto na qualidade de vida das populações mais pobres. “As periferias do Rio de Janeiro estão entre umas das mais miseráveis do Brasil. E isso muito se explica por conta da falta de políticas sociais que tenham mais efetividade, que tenham mais direcionamento de recursos,” afirma a economista da FGV, Juliana Damasceno. 

O primeiro episódio da série mostra famílias que poderiam ser beneficiadas com o dinheiro que foi tirado da população. 

“Brasília 60 anos”

O programa de domingo também exibe o terceiro e último episódio do documentário “Brasília 60 anos”, falando sobre os homens que colocaram a mão na massa para erguer a cidade que é hoje a capital do país.

“Eu levava areia e pedra para a construção de base do Congresso Nacional”, conta o pioneiro Judson. Em 1956, eles eram 256 migrantes, mas apenas um ano depois, 2.500 trabalhadores já estavam alojados em Brasília.

Cidade de Brasília completou 60 anos em 2020
Foto: Reprodução / CNN

A produção também mostra a “cidade perdida”, que foi inundada pelo Lago Paranoá, as mulheres pioneiras do Planalto Central que deixaram suas famílias e uma vida de luxo para trás, e a perspectiva dos jovens que moram na região, além dos planos dessa nova geração para Brasília.

“Médicos Detetives”

Também no domingo, o Séries Originais exibe o primeiro episódio da série “Médicos Detetives”, que fala sobre o aumento da consciência da população brasileira sobre a própria saúde e a busca pela longevidade, e como isso leva a uma maior desinformação promovida na internet.

Ser vegano pode ser melhor para o corpo? É possível ficar bêbado com comidas feitas com bebidas alcoólicas? Sessões de cinco minutos de exercícios físicos durante o dia são realmente eficientes para manter a saúde em dia? Especialistas respondem a essas e outras perguntas.

Apresentado por Evaristo Costa, o Séries Originais começa às 19h, aos domingos, na CNN. Veja qual é o canal na sua operadora.