Queimadas se espalham pelo Brasil: o quanto poderia ter sido evitado?

Lorena Lara, da CNN em São Paulo
18 de setembro de 2020 às 05:30
O podcast E Tem Mais é publicado de segunda a sexta, sempre no início da manhã
Foto: CNN Brasil

Enquanto o Pantanal continua queimando e a Amazônia registra índices cada vez maiores de desmatamento, o governo brasileiro segue minimizando a crise ambiental e culpando os números. O presidente Bolsonaro diz que o país cuida muito bem do seu meio ambiente. Já o vice, Hamilton Mourão, que comanda o Conselho da Amazônia, diz que há "seletividade na divulgação de dados" sobre desmatamento.

Nesta semana, no entanto, embaixadores de oito países europeus mandaram uma carta ao governo cobrando medidas. Eles se juntaram a 200 organizações, empresas do setor financeiro e do agronegócio que, na terça, também cobraram ações para reduzir o desmatamento na Amazônia. 

Neste episódio do E Tem Mais, Monalisa Perrone conversa com o secretário-executivo do Observatório do Clima, Marcio Astrini, para entender o quanto desses incêndios e degradação se deve ao clima e o quanto poderia ter sido evitado com medidas de prevenção e fiscalização.

Leia mais:

Área queimada no Pantanal equivale a 3 milhões de estádios do Maracanã

Pantanal tem setembro com mais queimadas na história do bioma

Ouça e assine os podcasts da CNN Brasil gratuitamente:

5 Fatos

Abertura de Mercado

América Decide

Carteira Inteligente

CNN Líderes

Coronavírus: Fato x Ficção

Horário de Brasília

Na Palma da Mari

O Grande Debate

O Mundo Pós-Pandemia

O Que Eu Faço?

Todo o conteúdo da grade digital da CNN Brasil é gratuito.