Hospital de campanha do Ibirapuera libera último paciente e encerra atividades

Unidade chegou a atender mais de 3 mil infectados durante os meses mais intensos da pandemia de coronavírus

José Brito, da CNN, em São Paulo
26 de setembro de 2020 às 11:26 | Atualizado 26 de setembro de 2020 às 12:52

 

Com homenagens e medalhas aos 800 profissionais de saúde que trabalharam no combate à Covid-19, o Hospital de Campanha do Ibirapuera, em São Paulo, encerrou as atividades, na manhã deste sábado (26). A alta do último paciente recuperado do novo Coronavírus marcou o fim dos atendimentos a 3.189 pessoas, desde o dia 1° de maio.

Após 10 dias de internação, Iray Fernandes, de 70 anos, morador da Várzea Paulista, na Grande São Paulo, superou cormodidades como hipertensão e cardiopatia e foi homenageado no tradicional corredor de alta para quem superou a doença. "Eu fico feliz e agradeço a Deus por ele estar novamente conosco e curado. Foram muitos dias longe.", disse Marco Antônio Fernandes, irmão de Iray.

Leia também:
SP: 26% dos pacientes internados no hospital do Ibirapuera já são do interior
Autópsias indicam que Covid-19 também causa morte por insuficiência cardíaca

Também foi homenageada no evento, a primeira paciente internada, a manicure e moradora de Embu das Artes, na Grande São Paulo, Aparecida Andreza Viana, de 33 anos. Ela ficou cinco dias internada, no Hospital, em maio, e hoje entregou flores a Iray.

O secretário de Saúde do Governo de São Paulo, Jean Gorinchteyn, se emocionou e não conteve as lágrimas ao ver seus colegas soltando 500 bexigas para o céu da cidade. Entre os profissionais envolvidos, foram mais de 200 médicos, cerca de 450 profissionais de Enfermagem, além de equipes de Fisioterapia, Farmácia, Assistência Social, Nutrição, Psicologia, Fonoaudiologia, apoio técnico e recepção.

"Eu acho que esse é muito momento simbólico. A gente que viveu a pandemia no seu começo e quantos foram os pacientes que perderam suas vidas. Hoje eu vi muitos dos meus amigos que trabalham aqui e nós sabemos o quantos nós precisamos ser muito mais", disse. 

Jean lembra que a pandemia não acabou e que ainda há necessidade de cuidados como evitar aglomeração e usar máscara. 

O último paciente a receber alta do hospital de campanha do Ibirapuera, Iray Fernandes, de 70 anos
Foto: José Brito/CNN Brasil

Balanços

Entre o total de pessoas recebidas, de 106 cidades diferentes, 82,7% foram moradores da Grande São Paulo (2.638). A região de Campinas aparece na sequência, com 12,5% (400). De Sorocaba, foram 99 pessoas (3,1%). Os demais vieram das regiões de Piracicaba (29), Baixada Santista (13), Vale do Paraíba (5), Vale do Ribeira (2), Ribeirão Preto (2) e São João da Boa Vista (1).

Agora, haverá uma retirada de equipamentos técnicos e medicamentos, em seguida a estrutura será desmontada. A expectativa é que o espaço esteja entregue, até o dia 15 de outubro.