RJ: Estagiária que fingia ser médica é presa em ação contra clínicas irregulares

No momento do flagrante, a jovem realizava procedimentos estéticos invasivos, tais como lipoaspiração de papada e aplicação de botox

Thayana Araujo , da CNN, no Rio de Janeiro
30 de setembro de 2020 às 08:08 | Atualizado 30 de setembro de 2020 às 08:14

A Polícia Civil do Rio de Janeiro realiza nesta quarta-feira (30) uma operação para combater clínicas irregulares que realizavam procedimentos estéticos sem as especificações técnicas devidas.

Em um dos estabelecimentos alvos de denúncia, localizado no Centro do Rio, os agentes flagraram uma estagiária se fazendo passar por médica.

Leia e assista também:
MC morre após realizar cirurgia de hidrolipo no RJ; especialista explica riscos
Após morte de funkeira MC Atrevida, dona de clínica presta depoimento à polícia

Materiais apreendidos durante operação contra clínicas clandestinas de estética no RJ
Foto: Divulgação/Polícia Civil

No momento do flagrante, a jovem realizava procedimentos estéticos invasivos, tais como lipoaspiração de papada e aplicação de botox. Diversas irregularidades foram encontradas no local.

A estagiária foi presa em flagrante pelos crimes de exercício irregular da medicina e crime contra economia popular. O dono do estabelecimento não foi localizado e será indiciado pelos respectivos crimes.

Na mesma operação, a Polícia Civil encontrou um depósito de anabolizantes. Todo o material será apreendido e levado para a Delegacia do Consumidor.