Com chuvas, média de queimadas diárias do Pantanal cai 71,8%


Giovanna Bronze, da CNN, em São Paulo
21 de outubro de 2020 às 06:54 | Atualizado 21 de outubro de 2020 às 14:32

 

Nesta semana, chuvas foram registradas por todo o país, conforme apontado pelo Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) na previsão do clima entre os dias 19 e 26 de outubro. A região do Pantanal também foi contemplada, o que gerou queda de 71,8% na média das queimadas registradas diariamente.

Na semana anterior, o INMET também indiciou a precipitação acumulada de chuvas em algumas regiões do país, como no sudoeste do Mato Grosso.

Do dia 14 ao dia 20 de outubro, o Pantanal teve apenas 376 focos de incêndio detectados pelos satélites do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Na semana anterior, do dia 7 ao dia 13, o total acumulado foi de 1.335 pontos de queimadas. Em uma semana, as queimadas acumuladas caíram 71,8%.

Leia também:
Onça-pintada Ousado, ferida nas queimadas, retorna para seu habitat no Pantanal
'Pantanal levará décadas para se recuperar', diz diretor de associação

A média diária registrada ao longo da semana foi de 53,71 – também 71,8% menos do que a média de 190,7 focos de incêndio registrados do dia 7 ao dia 13 de outubro. No dia 14 de outubro, o Inpe registrou 245 focos de incêndio. Já no dia 15, o número caiu para apenas 1.

Segundo com o Instituto, as chuvas podem resultar em menos focos de calor contabilizados. Outros dois motivos são nuvens espessas e cobertura espacial limitada da imagem para algum dia específico.

Até o dia 20, o Pantanal acumulou 20.926 focos de incêndio detectados pelo Inpe - maior taxa histórica já registrada desde 1998, quando o monitoramento do instituto começou. Apenas em outubro, são 2.667 - segundo maior total acumulado para o mês, registrando menos apenas que os 2.761 focos contabilizados em 2002.

De acordo com previsão da Climatempo para esta quarta-feira (21), a região do Centro Oeste terá sol, ar abafado e pancadas de chuva durante a tarde e noite. Na terça (20), o INMET, emitiu alerta de chuva intensa com perigo para a região do Pantanal no Mato Grosso e de perigo potencial no Mato Grosso do Sul.