Polícia faz megaoperação no Complexo da Maré (RJ) em busca de 100 foragidos

Um dos foragidos é responsável pela morte do menino Leônidas Augusto da Silva de Oliveira, de 12 anos

Jéssica Otoboni, da CNN, em São Paulo
27 de outubro de 2020 às 07:35 | Atualizado 27 de outubro de 2020 às 08:47

Ao menos quatro pessoas foram presas durante uma megaoperação realizada na manhã desta terça-feira (27) no Complexo da Maré, zona norte do Rio de Janeiro. Os suspeitos foram encaminhados à Cidade da Polícia, no bairro de Jacarezinho.

Assista e leia também: 
Menino de 11 anos morre após ser baleado por outro menor no Complexo da Maré
Menino de 7 anos morre baleado na porta de casa na Baixada Fluminense

Os agentes estão em busca de pelo menos 100 criminosos foragidos da Justiça
Foto: Divulgação - 27.out.2020 / Polícia Civil do RJ

Segundo as investigações, os agentes estão em busca de pelo menos 100 criminosos foragidos da Justiça, os quais estariam escondidos em comunidades do Complexo da Maré. 

Um deles é responsável pela morte do menino Leônidas Augusto da Silva de Oliveira, de 12 anos, durante um ataque de criminosos. 

Leônidas é uma das mais recentes vítimas de bala perdida no RJ. O menino foi atingido quando seguia com a avó para um supermercado perto da Avenida Brasil, via que dá acesso ao Complexo da Maré.

A ação de hoje da Polícia Civil conta com cerca de 300 agentes de diversas delegacias, além de cinco veículos blindados e um helicóptero.

(Com informações de Thayana Araújo, da CNN, no Rio de Janeiro)

Polícia faz megaoperação no Complexo da Maré
Foto: Divulgação - 27.out.2020 / Polícia Civil do RJ