Réveillon no Rio terá shows transmitidos pela TV e jogo de luzes


Camille Couto, da CNN, no Rio de Janeiro
29 de outubro de 2020 às 15:30 | Atualizado 29 de outubro de 2020 às 19:11
O modelo do réveillon de 2021 no Rio de Janeiro foi definido e vai ser em um formato diferente do tradicional conhecido por cariocas e turistas.

Os shows serão transmitidos pela televisão, por um canal aberto, e pelas plataformas digitais, por meio do canal oficial da Empresa de Turismo do Município do Rio de Janeiro (Riotur) no YouTube.

Acontecerão shows de luzes em seis pontos turísticos emblemáticos, mas sem presença de público, como determinou a Prefeitura. Para evitar aglomeração, todas as áreas devem ser isoladas.

A contratação da empresa organizadora responsável pela festa - a SRCOM - foi publicada nesta quinta-feira (29), no Diário Oficial do Município. Além dos shows, a tradicional comemoração de final de ano terá luzes e efeitos visuais inéditos no Brasil.

Assista e leia também:

'Incêndio é ápice do abandono', diz ex-médico do hospital de Bonsucesso
Câmeras de segurança do Hospital de Bonsucesso registram fogo no subsolo
Instituto bloqueia licença ambiental de autódromo no Rio de Janeiro

Ainda, segundo a Riotur, promete uma “surpresa emocionante”, que só será conhecida na noite da virada. Quem assina o projeto é o cenógrafo Abel Gomes, experiente nas produções de grandes eventos, como a abertura dos Jogos Olímpicos Rio 2016.  

De acordo com o presidente em exercício da Riotur, Fabrício Villa Flor, a ideia é criar uma atmosfera de respeito, com homenagens às vítimas da Covid-19 e aos profissionais que estão na linha de frente do combate à pandemia.

Prefeitura considerou apenas uma empresa

A Riotur informou que todo o evento será pago integralmente pela iniciativa privada. Três empresas participaram da seleção, mas apenas a SRCOM compareceu à sede do órgão municipal, na última terça-feira (27), para apresentar o projeto, como determinavam as regras do Caderno de Encargos e Contrapartidas.

Após análise e avaliação do projeto, a Comissão de Avaliação e Seleção de Propostas da Riotur aceitou a proposta da empresa com o um novo modelo de réveillon que a Prefeitura do Rio planejou para esta virada do ano, que acontece em meio à pandemia da Covid-19.

Atualização às 19h07 - Diferentemente do que constava em versão anterior deste texto, a programação da Prefeitura do Rio para o Réveillon não incluirá a instalação de palcos na orla da cidade.