Campanha de vacinação atinge só metade da meta em São Paulo

Objetivo era chegar a 95% da população

Da CNN, em São Paulo
13 de novembro de 2020 às 16:21

 

Esta sexta-feira (13) foi o último dia da campanha contra poliomielite e multivacinação em São Paulo. Segundo o balanço da Secretaria de Estado da Saúde, a cobertura vacinal está em 52%. Além disso, há 30 municípios no país que não têm nenhum registro de aplicação contra a pólio. 

Em âmbito federal, a meta era vacinar contra a doença 95% das 11 milhões de crianças entre 1 e 5 anos de idade. Porém, apenas seis milhões acabaram sendo vacinadas. Em São Paulo, foram imunizadas pouco mais de um milhão de crianças, quando a expectativa era de dois milhões.

Leia também

Em meio a polêmicas, governo prepara Plano Nacional de Vacinação contra Covid-19

Voluntário da Coronavac morreu por intoxicação de opioides e álcool, diz laudo

As duas campanhas de vacinação começaram no dia 5 de outubro e foram até o dia 30. No entanto, devido à baixa adesão, principalmente no estado de São Paulo, foram prolongadas até esta sexta-feira (13).

É importante lembrar que a campanha de vacinação serve, dentre outras coisas, para dar visibilidade à necessidade de se vacinar. Mas as vacinas contra doenças como polio, sarampo e rubéola, estão disponíveis durante o ano inteiro nos postos de saúde.

(Publicada por Sinara Peixoto)