Caminhão envolvido em acidente com ônibus não podia circular na estrada

O Detran informou que o proprietário do caminhão não havia pagado os impostos devidos para circular nas rodovias e nas cidades do estado de São Paulo

Da CNN, em São Paulo
25 de novembro de 2020 às 19:59

Segundo levantamento da CNN junto ao Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran-SP), o caminhão envolvido no acidente que matou 41 pessoas em Taguaí tinha documentos atrasados e não poderia rodar circular na rodovia.

Leia também

Acidente em rodovia de SP: empresa de ônibus atuava irregularmente

‘É o pior acidente do ano em São Paulo’, diz tenente sobre tragédia em Taguaí

Parte da carroceria do caminhão cortou ônibus ao meio, diz PM

O Detran informou que os documentos de 2020, exigidos para circular em rodovias e cidades do estado de São Paulo, não estavam pagos.

O caminhão tinha saído do Paraná com destino a Taquarituba.

(Publicado por Sinara Peixoto)