Brasil registrou 1 milhão de imigrantes em dez anos

A maior parte é de venezuelanos, 142 mil pessoas, que elevaram o fluxo migratório de 2016 para cá

Basília Rodrigues
Por Basília Rodrigues, CNN  
17 de dezembro de 2020 às 10:37 | Atualizado 17 de dezembro de 2020 às 10:45
Imigrantes venezuelanos cruzam a pé a fronteira entre Venezuela e Brasil, próximo ao município de Pacaraima, em Roraima
Foto: Wherter Santana/AE (19.abr.2018)

O Ministério da Justiça divulga nesta quinta-feira (17) que o Brasil atraiu diversos estrangeiros nos últimos anos, tendo registrado 1.085 milhão de imigrantes, de 2010 a 2019. A maior parte é de venezuelanos, 142 mil pessoas, que elevaram o fluxo migratório de 2016 para cá.

Os dados deste ano, impactados pelo novo coronavírus, ainda não foram computados.

Leia também:
Vitória de Biden marca ano em que eleições superaram pandemia pelo mundo
Morrem ao menos 14 venezuelanos que teriam tentado refúgio em Trinidad e Tobago
Oposição venezuelana conclui consulta popular para rejeitar Maduro

O balanço considera apenas os imigrantes que possuem todos os amparos legais. Ou seja, não contempla quem é estrangeiro e vive no Brasil em condição de clandestinidade.

Do total, 660 mil imigrantes vieram e moram há mais de 1 ano no Brasil. São chamados de imigrantes de longo termo, grupo composto principalmente por pessoas oriundas da América Latina, com destaque para haitianos e venezuelanos. Do total de imigrantes de longo termo registrados, 41% foram mulheres.