Incêndio no Hospital e Clínica de São Gonçalo (RJ) deixa pelo menos um morto

Equipes dos bombeiros controlaram as chamas após duas horas de trabalho; mais três pessoas também ficaram feridas

André Rigue, da CNN, em São Paulo
24 de dezembro de 2020 às 15:13 | Atualizado 24 de dezembro de 2020 às 17:10

 

Um incêndio após uma explosão atingiu o quinto andar do Hospital e Clínica de São Gonçalo (HCSG), no Rio de Janeiro, nesta quinta-feira (24). Pelo menos uma pessoa morreu, segundo informações dos bombeiros do quartel de São Gonçalo (20º GBM).

A explosão aconteceu no Centro de Terapia Intensiva (CTI). O incidente ocorreu por volta das 14h55 e os bombeiros controlaram as chamas após aproximadamente duas horas. Vidros foram quebrados com as chamas.

Militares dos quartéis de Colubandê, Niterói, Central, da Diretoria de Socorro de Emergência e do Centro de Manutenção e Suprimento da corporação foram acionados para ajudar os trabalhos dos bombeiros.

Leia também:
Fux ordena que União mantenha estado do RJ no regime de recuperação fiscal
Búzios deve registrar prejuízo de R$ 5 milhões após impasse sobre lockdown
Governo do RJ libera verba para prefeitura ampliar combate à Covid-19

Incêndio atinge hospital particular em São Gonçalo
Foto: Reprodução

Ainda não há informação sobre a identificação da vítima. Segundo os bombeiros, o incêndio também deixou três pessoas feridas.

De acordo com o porta-voz dos Bombeiros, a vítima fatal era paciente do CTI e foi carbonizada ao ser atingida pelas chamas. Ele não pode ainda dar mais detalhes, como o nome e sobrenome, além do sexo da vítima.

Um colaborador foi encaminhado para o hospital de Icaraí pra ser avaliado. Ele estava recebendo oxigênio. O hospital confirma quatro vítimas e que nenhum paciente foi remanejado para outros hospitais.

Com informações de Isabelle Resende e Maria Mazzei, no Rio de Janeiro, e Giovanna Bronze, em São Paulo.