Governo e prefeitura de SP devem cancelar ponto facultativo do Carnaval

A expectativa é a de que não haja ponto facultativo nos dias 15 e 16 de fevereiro

Daniela Lima
Por Daniela Lima, CNN  
27 de janeiro de 2021 às 21:06 | Atualizado 27 de janeiro de 2021 às 21:27
Carnaval de rua de São Paulo
Carnaval de São Paulo foi cancelado devido à pandemia de Covid-19
Foto: Prefeitura de São Paulo/Divulgação

O governo do estado e a prefeitura de São Paulo estão alinhavando os detalhes do anúncio de cancelamento do ponto facultativo do feriado do Carnaval, num esforço para evitar ao máximo o aumento de aglomerações em meio à pandemia da Covid-19.

A expectativa é a de que não haja ponto facultativo nos dias 15 e 16 de fevereiro. As  festividades do Carnaval já foram formalmente adiadas - e como noticiou o CNN 360 no dia 6 de janeiro, autoridades do governo do estado já descartam realizar os eventos no mês de julho, para quando estão previstos.

 A avaliação é a de que não é possível afrouxar os estímulos à manutenção do isolamento social em meio à alta de casos da Covid no Estado. 

Outros governadores, como o do Piauí, Wellington Dias (PT), e o do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), já editaram decretos cancelando o Carnaval e proibindo festas. 

O governo federal manteve o ponto facultativo nos dias 15 e 16.