Justiça suspende decisão para retorno das aulas presenciais na Bahia

Medida tomada pelo presidente do TJ-BA, desembargador Lourival Trindade, vale para as escolas públicas e privadas

Da CNN, em São Paulo
16 de fevereiro de 2021 às 08:15

 

O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) suspendeu a decisão que determinava o retorno das aulas presenciais no estado. A medida vale para as escolas públicas e privadas.

No sábado (13), o governo do estado havia prorrogado até o dia 23 deste mês o decreto que suspende shows, festas e aulas presenciais em toda a Bahia. 

No domingo (14), no entanto, uma liminar autorizou que as instituições educacionais retomassem as aulas presenciais imediatamente. 

Nesta segunda-feira (15), uma escola particular de Salvador retomou as atividades presenciais. Foi um caso isolado na capital baiana. 

No mesmo dia, o presidente do TJ-BA, desembargador Lourival Trindade, suspendeu a decisão que determinava o retorno das aulas presenciais nas escolas públicas e privadas do estado até o dia 1º de março.

(Texto publicado por Natália Flach)