Cidade do ES perde 133 doses de vacina por falta de energia e aponta vandalismo

Refrigerador armazenava outras vacinas, testes de Covid-19 além de amostras de sangue do teste do pezinho

Stéfano Salles, da CNN, no Rio de Janeiro
18 de fevereiro de 2021 às 17:03
Caixa com doses da Coronavac, vacina distribuída pelo Instituto Butantan
Caixa com doses da Coronavac, vacina distribuída pelo Instituto Butantan contra o coronavírus
Foto: Marlon Costa/Futura Press/Estadão Conteúdo

A cidade de Rio Bananal, no norte do Espírito Santo, com 19 mil habitantes, perdeu todas as 133 doses de vacina Coronavac contra a Covid-19 que tinha. Isso porque, segundo o município, o relógio de energia elétrica da Unidade de Saúde Rio Bananal foi desligado por vândalos. Um deles escreveu “coronavírus” no equipamento elétrico. A descoberta aconteceu essa madrugada, quando uma servente chegou para trabalhar e percebeu que o prédio estava sem luz. 

As doses perdidas seriam as segundas aplicadas em profissionais de saúde. O refrigerador onde elas estavam abrigava ainda outras vacinas, como contra meningite e de outras campanhas de imunização, além 53 kits de testes te Covid-19, que serão devolvidos ao Laboratório Central de Saúde Pública Noel Nutels (Lacen), no Rio, e amostras de sangue para a realização do teste do pezinho. A coleta do sangue para esse exame precisará ser refeita. 

 

O refrigerador tinha ainda outros imunizantes além desses que seriam utilizados na aplicação da segunda dose para trabalhadores da saúde no combate ao novo coronavírus. Embora o fato tenha sido descoberto essa madrugada, os funcionários da Secretaria Municipal de Saúde acreditam que o ataque tenha acontecido na segunda ou na terça-feira. 

Isto porque a geladeira seria capaz de suportar até 48 horas sem energia elétrica mas, quando os funcionários chegaram ao local onde ela estava, nesta quinta-feira, o equipamento apitava e apontava uma temperatura de 23°. A Coronavac deve ser mantida entre 2°C e 8°C

A Prefeitura de Rio Bananal já procurou a Polícia Civil, que esteve no local e investiga o caso. A principal pista está nas imagens de uma câmera de uma funerária que fica em frente à Unidade de Saúde de Rio Bananal. Segundo apurou a CNN, os policiais já estão de posse da imagem. 

 

Por nota, a Polícia Civil disse que “a Delegacia de Polícia de Rio Bananal já iniciou diligências para apurar o fato. Policiais civis estiveram n local levantando informações e a perícia foi acionada”. Os policiais pediram ainda a colaboração popular, por meio de denúncia anônima, feita pelo Disque-Denúncia 181. 

De acordo com o município, os profissionais de saúde que seriam vacinados nesta quinta-feira não vão ficar sem receber a segunda dose. A prefeitura fez um acordo com o governo do estado, que vai enviar uma nova remessa do imunizante para a cidade, para suprir a ausência do imunizante.