Sábado começa com desrespeito a proibições nas praias do Rio de Janeiro

A CNN flagrou o momento em que guardas municipais pediram para os banhistas deixarem o local

Paula Martini, da CNN, no Rio de Janeiro
20 de março de 2021 às 09:57 | Atualizado 20 de março de 2021 às 13:46
Flagrante em praia do Rio de Janeiro
Foto: Daniel Cordeiro / CNN

A manhã do primeiro sábado com praias restritas no Rio de Janeiro começou com cenas de desrespeito. Por volta das 8h, um grupo de surfistas praticava o esporte na praia do Leme, na Zona Sul, e algumas pessoas caminhavam e tomavam sol nas areias.

A CNN flagrou o momento em que guardas municipais pediram para os banhistas deixarem o local. Um homem estava até com um guarda-sol quando foi abordado. 

De acordo com decreto publicado pela prefeitura do Rio, o banho de mar e permanência nas areais estão proibidos até segunda-feira (22). A prática de esportes só é permitida no calçadão, mas é desaconselhada pela prefeitura. Na orla, várias pessoas circulavam sem máscara e não foram abordadas pela fiscalização.

O estacionamento na orla também está proibido em toda a cidade, exceto para moradores, idosos, pessoas com deficiência e turistas. A multa individual para quem desrespeitar as regras é de R$ 562,42.