Advogada Patricia Vanzolini é eleita primeira mulher presidente da OAB-SP

Chapa "Muda OAB/SP" venceu a eleição nesta quinta-feira (25) com 36% dos votos

Douglas PortoJoão de MariHenrique Andradeda CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de São Paulo elegeu, nesta quinta-feira (25), Patricia Vanzolini como presidente da seccional, com 35,80% dos votos, somente 3% a mais do que Caio Augusto Silva dos Santos.

A advogada criminalista é a primeira mulher a presidir a OAB do estado, que completará 90 anos de história em janeiro do ano que vem.

Além de Vanzolini, a chapa vencedora “Muda OAB-SP” elegeu o vice-presidente Leonardo Sica, a secretária-geral, Daniela Marchi Guimarães, a secretária adjunta, Dione Almeida Santos, e o tesoureiro, Alexandre Sá Domingues.

Pela primeira vez nas eleições da OAB, as chapas precisaram considerar na composição a equidade de gênero e reservar 30% das vagas para advogados negros.

Com 254 subseções e mais de 350 mil advogados aptos a participar da votação, a OAB em São Paulo é a maior do Brasil.

Mais Recentes da CNN