Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Ameaçado de extinção, lobo-guará é flagrado em Maricá; assista

    Animal é o primeiro da espécie a ser visto em uma zona costeira da Região Metropolitana do Rio

    animal está ameaçado de extinção
    animal está ameaçado de extinção Getty Imagens

    Rafaela Cascardoda CNN

    no Rio de Janeiro

    Um lobo-guará foi visto circulando em uma fazenda próximo de criações de ovelhas e vacas no bairro de Cassorotiba, em Maricá, no Rio de Janeiro, no último domingo (11). Segundo a Prefeitura de Maricá, essa é a primeira vez que a espécie é vista em toda a zona costeira da Região Metropolitana do Rio.

    O produtor rural Marcelo Nahoum, de 47 anos, gravou um vídeo a cerca de 50 metros de distância, que mostra o animal caçando e se alimentando de pequenas aves em uma área de mata da propriedade. O homem percebeu que havia algo de diferente na fazenda e pensou, inicialmente, que havia algum predador, pois os animais estavam assustados.

    “O rebanho não reduziu, mas os animais estavam assustados. Foi quando vi o lobo comendo um preá. Corri para pegar o celular e fiquei filmando. Ele estava tranquilo, como se já conhecesse o terreno e depois sumiu. Foi uma grande surpresa e estou feliz demais por ter feito esse flagrante”, contou Marcelo Nahoum.

    Com o flagrante, a Secretaria de Cidade Sustentável de Maricá incluiu a região no Programa de Monitoramento da Fauna e passará a acompanhar o animal por câmeras, assim como já ocorre com a onça-parda, cachorros-do-mato e quatis, que já foram vistos em uma área de preservação ambiental do bairro Espraiado.

    Lobo-guará

    O pesquisador de mamíferos do Programa de Monitoramento da Fauna de Maricá, Izar Aximoff, disse que não existe registro de ataque do lobo-guará em humanos, mas que as pessoas devem evitar aproximação e também não devem alimentar os animais.

    “Vamos monitorar a região com câmeras para saber se tem alimentos suficientes ou se tem outros animais da espécie. Estamos monitorando os registros dessa espécie no estado do Rio desde 2014. É o maior canídeo das Américas e é uma felicidade muito grande ele ter aparecido em Maricá”, disse o pesquisador.

    O lobo-guará (Chrysocyon brachyurus), de acordo com avaliação do Ministério do Meio Ambiente e do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), é considerado um animal que vive em situação vulnerável para extinção.

    Ele se alimenta de pequenos animais, como roedores e tatus, além de frutos variados do Cerrado, e conta com uma população total estimada em mais de 23 mil animais, sendo 21 mil no Brasil. É justamente no país onde há a maior população que o animal corre o risco de desaparecer. Existem registros da presença do lobo-guará no Paraguai, Argentina e Bolívia.