Após 100 dias de quarentena, SP registra 14 mil mortes e prejuízo de R$ 73 bi

Em data simbólica, estado realiza balanço do combate à pandemia

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

A quarentena em São Paulo completa 100 dias nesta quarta-feira (1º). Desde o dia 24 de março, quando foi decretado o isolamento pelo governador João Doria (PSDB), o estado contabiliza mais de 14 mil mortes por Covid-19 e perdas econômicas de R$ 73 bilhões.

Apesar de o novo coronavírus ter se concentrado na capital paulista no começo, a doença se intesifica agora no interior do estado — dos 645 municípios, apenas 24 não possuem registros de casos. 

Leia também:
SP libera bares e restaurantes na capital; previsão é de reabertura dia 6
Indicadores de São Paulo justificam cautela na abertura de bares e restaurantes

Em 100 dias, o isolamento social no estado também apresentou quedas significativas. O índice, que chegou a atingir 59% em abril, atualmente está em 44%.

Do lado econômico, o comércio foi o setor mais atingido pela paralisação, amargando um prejuízo financeiro que ultrapassa a casa dos R$ 70 bilhões. Mesmo com o Plano São Paulo em execução, que visa a retomada gradual das atividades, o retorno deve ser lento.

(Edição: Leandro Nomura)

 

Mais Recentes da CNN