Após recuo, capital paulista aposta em dezembro para liberação do uso de máscara

Até o final de novembro, a cidade de São Paulo espera completar imunização dos menores de idade contra a Covid-19

Fontes ligadas à Saúde municipal informaram que a prefeitura terá como base um estudo com índices da pandemia na cidade
Fontes ligadas à Saúde municipal informaram que a prefeitura terá como base um estudo com índices da pandemia na cidade Cris Faga/NurPhoto via Getty Images

Marcela RahalTainá Falcãoda CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

A prefeitura de São Paulo planeja flexibilizar o uso de máscaras em locais abertos após a conclusão da vacinação contra a Covid-19 em adultos e adolescentes acima de 12 anos. A data para concluir o ciclo vacinal em adultos é o dia 15 de novembro. Até o final de novembro, a cidade espera completar imunização dos menores de idade. Com isso, a liberação do uso de máscaras ao ar livre ficaria para dezembro.

Fontes ligadas à Saúde municipal informaram à CNN que a prefeitura terá como base um estudo com índices da pandemia na cidade. O anúncio com o resultado desse levantamento ficará para o dia 10 de novembro.

No início deste mês, o prefeito Ricardo Nunes (MDB) chegou a mencionar que a flexibilização das máscaras estaria próxima, mas a medida foi criticada até mesmo dentro da gestão municipal, o que jogou para frente o assunto.

No estado, a discussão ainda é vista com cautela pelos especialistas do comitê científico. Sem consenso nem índices satisfatórios, médicos aconselharam o governo a aguardar mais tempo.

O governador João Doria (PSDB) chegou a convocar uma coletiva de imprensa na última segunda-feira (18) sobre o assunto, mas desistiu até que o assunto esteja pacificado. Nos bastidores, a gestão estadual critica o que considera uma precipitação da capital em liderar o movimento, e alega que o decreto que criou o Plano São Paulo não permite que a cidade se antecipe às medidas do governo estadual.

Fontes ligadas ao comitê científico e à secretaria estadual de Saúde afirmam que o comunicado sobre a liberação de máscaras será feito em conjunto entre a capital e o estado de São Paulo. Em nível nacional, o ministério da Saúde também tem em andamento um estudo para apresentar indicadores que apontam para flexibilização em todo o país. A decisão final, no entanto, caberá às gestões locais, com ressalva de retrocesso caso os indicadores voltem a subir.

Mais Recentes da CNN