Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Atualização do Google Maps mostra dimensão das enchentes em Porto Alegre; veja

    O aeroporto Internacional Salgado Filho, a Arena Grêmio e o Beira-Rio aparecem tomados pelas águas

    Guilherme Gamada CNN São Paulo

    O Google Maps atualizou as imagens de satélite para a versão mobile da plataforma e revelou a dimensão das enchentes em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul.

    Nas imagens, é possível observar o transbordo do Rio Guaíba que inundou o centro histórico da capital gaúcha. O Aeroporto Internacional Salgado Filho, a Arena Grêmio e o Beira-Rio aparecem tomadas pelas águas.

    O espaço comercial Boulevard Laçador a sede da exibição permanente “Varig Experience” também está com os aviões em meio às águas.

    O Guaíba baixou e vem se mantendo abaixo da cota de inundação, atualmente em torno de 3,21 metros. As águas do rio chegaram a registrar 5,33 metros no dia 5 de maio e 5,20 metros em um segundo pico 9 dias depois.

    A principal preocupação para o Instituto de Pesquisas Hidráulicas (IPH) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFGRS) é como será a descida abaixo da cota de inundação e alerta para oscilações causadas pelo efeito dos ventos e afluências dos rios.

    No final de maio, começou a operação de limpeza na área interna do Mercado Público de Porto Alegre. Os trabalhos haviam sido iniciados na no dia 23, mas tiveram de ser paralisados no mesmo dia depois que a capital gaúcha voltou a ser atingida por fortes chuvas.

    A altura da água no prédio histórico do Mercado Público chegou a 1,70 metro –acima do que foi registrado na enchente de 1941, que, até então, era a pior da história do município.

    O aeroporto Salgado Filho só deve ser reaberto em dezembro de 2024, de acordo com a concessionária Fraport, empresa responsável por administrar o local.

    A CNN entrou em contato com o Google para esclarecer a data da captura das imagens de satélite e aguarda retorno.