Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Avião de empresário de Florianópolis desaparece na Argentina; saiba quem estava a bordo

    De acordo com as informações disponíveis em consulta da Anac, o avião de pequeno porte pertence a Antonio Carlos de Castro Ramos, dono da ACCR Construções

    Giulia AlecrimGabrielle RavascoCarolina Figueiredoda CNN

    em São Paulo e em Florianópolis

    Ouvir notícia

    Um avião com três tripulantes brasileiros, que realizava um trajeto do aeroporto de El Calafate para Trelew, na Argentina, desapareceu nesta quarta-feira (6), segundo a Empresa Argentina de Navegação Aérea, pertencente ao Ministério Nacional dos Transportes do país.

    De acordo com as informações disponíveis em consulta da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), o avião de pequeno porte, sem autorização para táxi aéreo, pertence a Antônio Carlos de Castro Ramos, empresário de Florianópolis, dono da ACCR Construções. Além de Antônio, estavam na aeronave dois amigos dele, Mário Pinho e Gian Carlo Nercolini.

    A ACCR Construções informou à CNN que o filho de Antônio e o irmão dele foram para Argentina nesta quinta-feira (7). Eles foram informados por autoridades do país que a suspeita é de que o avião tenha caído no mar. A CNN entrou em contato com o Ministério das Relações Exteriores e aguarda o posicionamento do Itamaraty.

    Em publicação no Twitter nesta quinta-feira, a Empresa Argentina de Navegação Aérea atualizou as informações sobre buscas à aeronave. Segundo a empresa, a busca pela aeronave continua com a guarda costeira com apoio em terra da Defesa Civil de Chubut, província argentina. Após decolar de Punta Indio, uma aeronave da Força Aérea argentina segue em direção à área de busca estabelecida.

    Ainda segundo a empresa, um helicóptero da Prefectura Naval Argentina e outra aeronave da Força Aérea aguardam a melhoria de condições climáticas para decolagem no aeroporto de Comodoro Rivadavia.

    O Serviço de Busca e Salvamento (SAR) foi acionado após perder contato com a aeronave RV-10 da Van, placa brasileira PP-ZRT. O último contato da aeronave foi registrado no Centro de Controle da Área Comodoro Rivadavia (ACC).

    Início das buscas

    De acordo com a Empresa Argentina de Navegação Aérea SE, após várias tentativas de comunicação, o ACC Comodoro Rivadavia comunicou o serviço de salvamento, ativando o protocolo de busca de aeronaves.

    O Serviço de Busca e Salvamento entrou em contato com o Centro Argentino de Controle de Mísseis (ARMCC) que comunicou o acionamento da lanterna ELT da aeronave.

    Em condições meteorológicas desfavoráveis, foram mobilizadas forças pela Prefeitura Naval Argentina, incluindo o destacamento marítimo da guarda costeira. A Força Aérea Argentina e a Defesa Civil também foram acionadas.

    As operações aéreas, terrestres e marítimas seguem de forma contínua em busca da aeronave enquanto as condições climáticas permitirem, de acordo com a Empresa Argentina de Navegação Aérea SE.

    Mais Recentes da CNN