Belo Horizonte tem arrastão em fila para vacinação contra a Covid-19

Assaltantes levaram celulares, dinheiro e outros pertences das vítimas na sexta-feira (16)

Foto: Lucas Prates/Estadão Conteúdo

Estadão Conteúdo

Ouvir notícia

Seis pessoas foram assaltadas na sexta-feira (16), enquanto aguardavam a abertura de um posto de saúde de Belo Horizonte para a vacinação contra a Covid-19 e outros tipos de atendimento. As vítimas foram abordadas por dois homens, um deles armado, e entregaram celulares, dinheiro e outros pertences. A Polícia Militar foi acionada às 6h45, mas ninguém foi preso.

O crime aconteceu no Centro de Saúde Padre Fernando de Melo, localizado no bairro Palmares, região nordeste da capital mineira. Segundo a Polícia Militar, os dois assaltantes chegaram ao local encapuzados e usando boné. Eles abordaram quem estava na fila do posto e depois correram no sentido do Anel Rodoviário, via expressa da grande Belo Horizonte.

Os policiais militares foram acionados logo em seguida, às 6h45, e fizeram vigilância na região, mas ninguém foi preso. Um boletim de ocorrência foi registrado pelas vítimas e encaminhado à 2ª Delegacia de Polícia da Polícia Civil, que fará a investigação.

Em nota, a Prefeitura de Belo Horizonte informou que o Centro de Saúde Padre Fernando de Melo está funcionando normalmente. “A ocorrência foi do lado de fora da unidade e nenhum equipamento, insumo, medicamento ou vacina foi levado”, diz o texto.

A Guarda Municipal reiterou, além disso, que o Centro de Saúde Padre Fernando de Melo e outras unidades da região nordeste de Belo Horizonte são atendidos por equipes da Patrulha SUS, que atuam durante o período de funcionamento dos Centros de Saúde.

“A Guarda Municipal estuda a possibilidade de ampliar o horário da Patrulha SUS, de forma a evitar novas ocorrências”, acrescentou.

Mais Recentes da CNN