Brasil registra mais 25 mil casos e 408 mortes por Covid-19 em 24 horas

Com o acréscimo, o país acumula 7.238.600 casos confirmados e 186.764 mortes; dados do dia não incluem casos de SP, que concentra maior volume de contágios

A corrida pela vacina contra a Covid-19 está cada vez mais acirrada
A corrida pela vacina contra a Covid-19 está cada vez mais acirrada Foto: REUTERS/Dado Ruvic

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

 

O Ministério da Saúde confirmou neste domingo (20) um total de 25.445 novos casos da Covid-19 e 408 novas mortes registradas em razão da doença. Os números são os informados pelas secretarias estaduais da Saúde nas últimas 24 horas.

Com o acréscimo, o país acumula 7.238.600 casos confirmados e 186.764 mortes. O governo federal estima os recuperados em 6,24 milhões de pessoas, com 806 mil casos em acompanhamento.

Leia também:
‘Flertamos com janeiro bastante sombrio’, diz médico brasileiro sobre Covid-19
Reino Unido diz que mutação do novo coronavírus está fora de controle
Brasil tem ao menos 501 suspeitas de reinfecção por Covid-19

O boletim deste domingo carrega um registro de 3,6 mil casos a mais do que o registrado há uma semana, e mais 129 mortes.

Vale ressaltar que os dados do dia não incluem os números do Estado de São Paulo, que concentra a maioria dos casos e das mortes por Covid-19 no país. Na quarta-feira, o Estado também não reportou números, alegando um problema no sistema do ministério.

A média móvel dos últimos sete dias cresce de forma constante desde o início de novembro e retornou aos patamares mais altos da pandemia, entre o final de julho e o início de agosto deste ano.

Em relação às mortes, o Conselho Nacional dos Secretários Estaduais de Saúde (Conass) coloca a média móvel neste domingo dos últimos sete dias em 766. Em 11 de novembro, quando a tendência atingiu o menor valor desde o começo da pandemia, esse número era 323. 

Mundo

O mundo ultrapassou a marca de 76 milhões de casos da Covid-19 neste sábado, de acordo com a Universidade Johns Hopkins. 

Os Estados Unidos e a Índia lideram as contaminações, com 17,5 milhões e 10 milhões de casos, respectivamente.

Com 317 mil mortes, os EUA aprovaram neste domingo o início do uso emergencial da vacina fabricada pela farmacêutica Moderna. O imunizante é o segundo aprovado para distribuição no país.

(Com informações da Reuters)

Mais Recentes da CNN