Brasil repatria 159 cidadãos retidos no México e no Panamá

Voo fretado pelo Ministério de Relações Exteriores beneficiou também 91 mexicanos que se encontravam no país; operação foi coordenada entre os três governos

Brasileiros embarcam no aeroporto da Cidade do Panamá em voo fretado pelo Itamaraty
Brasileiros embarcam no aeroporto da Cidade do Panamá em voo fretado pelo Itamaraty Foto: Divulgacao/ Itamaraty

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

O governo brasileiro informou que entre a sexta-feira (24) e o sábado foram repatriados 159 cidadãos do país que estavam retidos no México e no Panamá em razão das medidas tomadas pelos dois países contra o avanço do novo coronavírus.

A operação, realizada em conjunto com a Secretaria de Relações Exteriores do México, também permitiu que 91 mexicanos que se encontravam no Brasil retornassem aos seus respectivos países de origem, informou o Itamaraty.

Segundo o Ministério de Relações Exteriores, as repatriações foram feitas por voo fretado contratado pelo governo brasileiro para a rota entre a Cidade do México e São Paulo, com escala na Panamá. A operação teve o apoio dos governos mexicano e panamenho.

Leia também:

Fila de brasileiros no exterior aguardando repatriação cai para 4,2 mil pessoas

Diplomatas brasileiros na Venezuela são repatriados em avião da FAB

Por meio de comunicado, o Itamaraty reforçou que continua prestando assistência aos brasileiros que ainda permanecem no México.

“Em um espírito de cooperação regional, Brasil e México reforçam seus laços bilaterais e reafirmam seu compromisso de continuar prestando assistência e proteção consular a seus nacionais no exterior, principalmente àqueles afetados pelas atuais restrições de viagens e cancelamentos de voos comerciais derivados do COVID -19”, diz a nota. (Com informações da Agência Brasil)

Mais Recentes da CNN