Brasil tem 120 mil denúncias de violações contra crianças e adolescentes no ano

Canais do governo têm recebido denúncias em volume maior do que os números verificados em 2020

Violações como agressões podem ser denuncias pelo Disque 100
Violações como agressões podem ser denuncias pelo Disque 100 Marcello Casal Jr./Agência Brasil

da Agência Brasil

Ouvir notícia

Na data em que se comemora o dia das crianças (12), o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos divulgou que o Brasil alcançou a marca de 119,8 mil denúncias de violações de direitos de crianças e adolescentes entre os meses de janeiro a setembro deste ano. Os números são do Disque 100.

Em 2020, o total de denúncias chegou a 153,4 mil. Se o volume médio dos nove primeiros meses do ano se mantiver no último trimestre, 2021 irá superar a marca do ano passado.

Em cerca de 66% dos casos de 2020, a agressão ocorreu dentro de casa (79.872). De acordo com o levantamento, a agressão vem principalmente dos pais:  51.293 foram praticadas pela mãe e 20.296 pelo pai. O levantamento não especifica o tipo de agressão sofrida.

“É um número muito alto. Precisamos dar um basta na violência, principalmente contra crianças e adolescentes, que são o futuro da nossa nação. Para vencer essa situação, devemos denunciar os casos, cobrar ação das autoridades responsáveis e conscientizar as famílias”, afirmou a ministra Damares Alves.

O Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos tem canais para que qualquer tipo de violência contra crianças e adolescentes possa ser denunciada.

Entre eles está a Ouvidoria Nacional dos Direitos Humanos, que funciona por meio do serviço Disque 100 e conta agora com números no WhatsApp (61-99656-5008) e no Telegram (é necessário digitar “Direitoshumanosbrasilbot” no aplicativo).

Mais Recentes da CNN