Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Brasil tem 72 facções criminosas ligadas ao narcotráfico, diz estudo

    Levantamento sobre crime organizado no país foi realizado pela Esfera Brasil e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública

    Guilherme Gamada CNN São Paulo

    Existem 72 diferentes facções criminosas vinculadas ao narcotráfico, de acordo com o levantamento do Fórum Brasileiro de Segurança Pública e da Esfera Brasil, divulgado no segundo dia do Fórum Esfera, em Guarujá (SP), neste sábado (8).

    A pesquisa ainda afirma que duas dessas facções têm atuação transnacional, com características de holdings do crime.

    A estimativa é de que, se toda a cocaína que passa pelo Brasil fosse exportada para a Europa, o faturamento das organizações criminosas seria da ordem de US$ 65,7 bilhões — a nível de comparação esse valor é o equivalente a 4% do PIB brasileiro de 2021.

    O estudo completo deve ser lançado pela Esfera em evento na véspera do 12º Fórum Jurídico de Lisboa, que acontece entre os dias 26 e 28 de junho, em Portugal.

    Os dados antecipados trazem um mapa com fluxos de entrada e saída do Brasil de ao menos 20 transações ilegais, incluindo tráfico de pessoas, de drogas, de cigarro, ouro, diamante, defensivos agrícolas, armas e madeira.

    Esse fluxo demonstra a grande diversidade das atividades econômicas impactadas pelo crime, segundo o estudo.

    A pesquisa também mostra que, apesar de o Brasil ter mais de 1.500 diferentes instituições de segurança pública previstas na Constituição, não há coordenação federativa capaz, técnica e juridicamente, de integrar informações e otimizar o combate ao crime organizado.

    A CNN procurou o Ministério da Justiça para comentar o levantamento e aguarda o retorno.