Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Brasileiro é preso pela PF após tentativa de viagem para se juntar ao Estado Islâmico

    Investigação em andamento apura a conduta criminosa de brasileiros que integram e promovem organização terrorista

    Mateus Cerqueirada CNN

    em São Paulo

    Um homem foi preso pela Polícia Federal (PF) na madrugada de domingo (11) durante tentativa de viagem ao exterior para se juntar ao Estado Islâmico.

    O brasileiro foi preso no portão de embarque do Aeroporto Internacional de Guarulhos em São Paulo.

    O mandado de prisão faz parte das ações de busca e apreensão realizadas pela PF que também ocorrem nas cidades de São José dos Campos (SP) e Barbacena (MG), a pedido da 2ª Vara Federal de Belo Horizonte.

    A investigação em andamento apura a conduta criminosa de brasileiros que integram e promovem organização terrorista.

    A ação é baseada na Lei Antiterrorismo de nº 13.260/2016 e pode render pena de reclusão de cinco a oito anos e multa, ressaltando que o crime de terrorismo é considerado hediondo pela legislação nacional.

    Estado Islâmico

    Criado em 2014 e considerado um grupo de atuação terrorista — baseado em interpretações radicais do islamismo — , o Estado Islâmico chegou a controlar grandes extensões no Iraque e na Síria, além de coordenar ataques em outras partes do mundo.

    Além do rígido controle imposto aos moradores das áreas controladas, grupo também é conhecido por perseguir e matar minorias como homossexuais, cristãos e curdos.

    No Brasil, a Agência Brasileira de Inteligência (Abin) identificou potenciais ameaças do Estado Islâmico ao país em uma conta no Twitter em 2016.

    Com supervisão de Marcelo Tuvuca