Brasília flexibiliza isolamento e autoriza reabertura imediata de escritórios

Medida inclui escritórios de advocacia, contabilidade, engenharia, arquitetura e imobiliárias

Vista da Esplanada dos Ministérios, em Brasília
Vista da Esplanada dos Ministérios, em Brasília Foto: José Cruz - 29.dez.2018/Agência Brasil

Basília Rodriguesda CNN

Ouvir notícia

Escritórios de advocacia, contabilidade, engenharia, arquitetura e imobiliárias já podem voltar a funcionar normalmente em Brasília, a partir de autorização dada nesta quarta-feira (22) pelo governo do Distrito Federal.

O governador Ibaneis Rocha (MDB), que é advogado, decidiu incluir esses setores entre as áreas que estão dispensadas da quarentena. Até aqui, essa autorização contemplava padaria, lavanderia e serviço de entrega, por exemplo.

O ato foi publicado em edição extra do Diário Oficial do Distrito Federal. 

Leia também:

Distrito Federal reabrirá comércio a partir de 4 de maio, diz governador

Há expectativa de que as escolas militares voltem a funcionar gradativamente, a partir de segunda-feira (27). Em entrevista à CNN, Ibaneis Rocha afirmou que estuda ampliar a medida também para as escolas cívico-militares, colégios públicos que têm gestão compartilhada entre as secretarias de Educação e de Segurança Pública. Esta decisão não foi publicada ainda. De acordo com Ibaneis, dentro de dez dias, o governo terá um plano para as escolas em geral.

Ibaneis tem conversado com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sobre a flexibilização das regras de isolamento. O Planalto vê as mudanças em Brasília como uma forma de convencer outras unidades da federação a retomarem as atividades econômicas.

Mais Recentes da CNN